Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Blogs

Confira o custo dos médicos de Cuba

O Ministério da Saúde ignorou as associações de médicos do País e, impulsionado pela presidenta da República, decidiu importar médicos, principalmente de Cuba. Estes começaram a chegar no Brasil através de um contrato formado pelo governo brasileiro com a Organização Pan-Americana de Saúde. Deverão chegar 4 mil médicos de Cuba. Numa cláusula do documento do acordo indica o custo do atravessador: R$ 24,3 milhões. A cifra corresponde a 5% do valor total do contrato: R$ 510,9 milhões.
O acordo foi assinado na quarta-feira (21) da semana passada. Três dias depois, começaram a desembarcar no Brasil os primeiros 400 médicos de Cuba. A vigência do contrato é de três anos. Mas os pagamentos foram descobertos agora e serão integralmente feitos neste ano de 2013.
De resto, a Procuradoria da República abriu em Brasília inquérito para apurar se há violação aos direitos humanos dos médicos cubanos.
Leia no link abaixo o documento do acordo.

http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/arquivos/pdf/2013/Ago/27/OPAS_27022013.pdf

Comentários

5 respostas para “Confira o custo dos médicos de Cuba”

  1. O governo federal garantiu preferência aos médicos brasileiros que se negaram a atender as necessidades da população mais carentes de regiões muito pobres. O custo para trazer ao país médicos tão bem preparados quanto os cubanos é esse mesmo e como contribuinte acredito ser um ótimo investimento. Já o egoísmo corporativista das entidades classistas dos médicos brasileiros é digno de reprovação. Que venham mais médicos estrangeiros com o mesmo espírito e conhecimento. Eles são muito bem aceitos em países que também adotam sistema universal de saúde como Canadá e Inglaterra. Sobre o tema, assistam ao excelente documentário do cineasta americano Michael Moore, denominado “SICKO” http://www.youtube.com/watch?v=VoBleMNAwUg

  2. “Mais Médicos” vira “Menos Médicos”. Prefeitos demitem brasileiros e ficam com cubanos.Não importa a Saúde. Importa o Orçamento.
    Para aliviar as contas dos municípios, médicos contratados por diferentes prefeituras no país serão trocados por profissionais do Mais Médicos, programa do governo Dilma Rousseff (PT) para levar estrangeiros e brasileiros para atendimento de saúde no interior e nas periferias. Na prática, a medida anunciada à Folha por prefeitos e secretários de saúde pode ameaçar a principal bandeira do plano: a redução da carência de médicos nesses lugares.

    A reportagem identificou 11 cidades, de quatro Estados, que pretendem fazer demissões para receber as equipes do governo federal. Segundo as prefeituras, essa substituição significa economia, já que a bolsa de R$ 10 mil do Mais Médicos é totalmente custeada pela União.O plano de Dilma foi lançado em julho e provocou polêmica na classe médica principalmente devido à vinda de estrangeiros –incluindo 4.000 cubanos, que devem ser deslocados para 701 cidades que não despertaram interesse de ninguém na primeira fase do Mais Médicos.

  3. E daí? Os médicos cubanos vão cuidar de milhões de brasileiros pobres em lugares miseráveis que médicos brasileiros se negam a ir. E nem podem falar que o governo federal está a solicitar-lhes um ato nobre de solidariedade humana, está pagando 10 MIL reais mais ajuda de custos. Mesmo assim rejeitam e agora, pior. Critícam seus colegas estrangeiros por fazer o que deveria ser obrigação deles. Felicitações às Dilma por estratégia de política pública tão nobre. Nossa política de transferência de renda tem sido modelo para o mundo. Em Uberlândia não é diferente com a implantação do IPTU progressivo. Transferência de renda é isso. Quem pode mais, contribuí com mais.

  4. O pov brasileiro esta consciente das vantagens da importação de medicos de varias nacionalidades,por mais simples e humildes que sejam,mais competentes e sabedores do que fazem.Nada a ver,com os medicos que vi,em certa epoca do passado,se formarem em Uberlandia e Uberaba,e que,so querem altas honorarios em consultorios de luxo,desprezados favelas e periferias da cidade.

  5. Saõ bons e competentes medicos,venham de onde vierem,nada a ver,com medicos filhos de papai,formados em Uberlandia e Uberaba,que so querem consultorios de luxo e honorarios imensos,desprezando,a todo o custo,favelas,Sus,e periferias de nossa cidade.

Deixe uma resposta


9 − = dois

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.