Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Brasil e Mundo

Garoto de 15 anos morre após passar mal em escola de SP

Um estudante de 15 anos morreu na manhã de terça-feira (3), depois de passar mal durante uma aula de Educação Física na Escola Estadual Dona Brasília Castanho de Oliveira, em Guarulhos na Grande São Paulo. Alexandro de Souza Silva, que cursava a 8ª série do Ensino Fundamental, teve um mal súbito durante as atividades. Chegou a receber massagens cardíacas do professor responsável e foi socorrido pelo Samu ao Hospital Padre Bento, mas morreu na unidade.

Segundo Leonice Martins, tia do adolescente, a legista que atendeu o caso informou a família de que o jovem tinha problemas cardíacos. “Ela disse que descobrindo ou não o problema, ele não chegaria aos 18 anos. O coração estava inchado e pressionou o pulmão, o que causou a morte”, disse a tia em entrevista ao jornal “Bom dia Brasil”, da TV Globo. Ela contou que há uma semana o adolescente não passou bem e chegou a ir a um posto de saúde, mas o médico teria receitado apenas um xarope para tosse.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo emitiu nota dizendo que lamenta o falecimento do aluno. A pasta afirmou que ele foi “prontamente atendido pelo docente que ministrava a aula” e que a administração da escola nunca recebeu informações por parte da família do aluno de que ele tinha qualquer problema de saúde. “A unidade não havia registrado nenhuma ocorrência com o aluno que pudesse levar a qualquer medida preventiva”, disse o comunicado.

Comentários

Deixe uma resposta


7 + seis =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.