Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

28/07/2012 18:49

Agente da Zoonoses vítima de homicídio é enterrada em Araguari

Foi enterrada na tarde deste sábado (28), no cemitério Bom Jesus em Araguari, a agente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ),  Ivonete Veloso da Silva, de 47 anos, que foi encontrada morta e enterrada no fundo do quintal de uma casa em Uberlândia. O corpo dela foi localizado na noite de ontem,  na rua Abelardo Pena, bairro São Jorge, zona Sul da cidade. Ela teria sido morta a pauladas, durante expediente, por um jovem de 19 anos, que tem dez passagens pela polícia, sendo que uma delas é por homicídio.

Por meio de nota, a Prefeitura de Uberlândia disse que lamenta a fatalidade e dará todo o apoio à família. A vítima trabalhava há cerca de dois anos no CCZ.

A informação do desaparecimento de Ivonete Veloso chegou até a Polícia Militar (PM) depois que familiares registraram um boletim de ocorrência, já que ela não havia voltado para casa após o fim do horário de trabalho. Policiais investigaram o trajeto da funcionária e foram até a última casa visitada por ela. No local, encontraram a bandeira de sinalização do Zoonose escondida embaixo de uma cama e sujeira de concreto pela casa. Ao encontrar o corpo enterrado, militares acionaram a perícia da Polícia Civil, que identificou a vítima que estava com um corte na cabeça.

O suspeito de matar e enterrar Ivonete Silva foi encontrado no bairro Shopping Park. O jovem disse que achou que a vítima fosse esposa de um desafeto dele e estava no local para espioná-lo.

Comentários (19)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. Cleosmar disse:28/07/12 19:07

    Policia civil!!!!!
    que isso cumpadeeeeeee

    parabens…

    Responder
  2. Severo Gomes disse:28/07/12 19:33

    Falhou a justiça brasileira, por permitir a liberdade de um maníaco, provavelmente regado a crack. Um homicídio e dez passagens, era caso de prisão perpétua. Agora dois homicídios com a morte dessa inocente. Falhou o CCZ, que não tem uma política de segurança dado a epidemia do crack na cidade.

    Responder
    • Lorena Mendes Sousa disse:30/07/12 21:11

      Infelizmente no brasil há a lei de caput e pessoas como esse marginal ganham a liberdade todos os dias a pena maxima é pouca pois a familia dessa mulher é que esta pagando pela penalidade maior a de não ter a presença dessa mulher por perto o CCZ e a PMU deveriam mudar o sistema de trabalho para dar mais segurança a seus trabalhadores . LORENA MENDES SOUSA mais uma uberlandense indignada !!!

      Responder
  3. Ronei disse:28/07/12 19:38

    Sei que é um caso é isolado, mas há de repensar o trabalho dos agentes comunitários de saúde e de zoonoses no Brasil.

    Responder
  4. alessandra alves disse:28/07/12 19:53

    meu deus quanta crueldade ,esperamos que a secretaria de saude de mas segurança a todos(as)agentes de controle de zoonoses mas segurança pois a maioria é mulher!

    Responder
  5. bidu disse:28/07/12 21:06

    E a segurança no trabalho, ninguém questiona? Essas funcionárias deveriam andar em dupla, com agentes masculinos.Uma lástima.

    Responder
  6. Ramon Tavares disse:29/07/12 4:12

    TADINHA!! TAVA LÁ TRABALHANDO, GANHANDO O SEU PÃO DE CADA DIA. SOL A SOL. E VEM UM PSICOPATA E MATA. PENA DE MORTE JÁ!!

    Responder
  7. jumentaldo disse:29/07/12 17:17

    mais uma vez falha a justiça brasileira. é por essas e outras que defendo a idéia de que, no Brasil a justiça é injusta, confusa e elitista!!!

    Responder
  8. amiga de ivonete disse:29/07/12 21:50

    lamento muito nao tinhamos conciencia do risco que corremos ao executar nosso trabalho.

    Responder
  9. amiga de ivonete disse:29/07/12 22:01

    devemos repensar sobre nossa segurança trabalho em dupla seria bom !!!!!!!!!
    e nao entro mais em nenhuma residencia sozinha esperamos que a secretaria de saude nos de segurança

    Responder
  10. PEDRO ABDALA disse:29/07/12 22:43

    pena de morte já…. nós temos a obrigação de lutar pela pena de morte… o povo precisa reunir e começar um projeto de lei sobre a pena de morte… 5% do eleitorado brasiloeiro votando estará criada a pena de morte….acorda brasil.

    Responder
    • Luiz Carlos da Silva disse:30/07/12 14:21

      Pedro, não se voce prestou atenção, mas já temos Há muito tempo a pena de morte no Brasil. Todos os dias a Estado mata centenas de pessoas.Institucionalizá-la não ajudar em nada. Pretos, pobres e Putas vão continuar sendo assassinados…

      Responder
  11. Funkeira disse:30/07/12 6:34

    PAssadaaaaaaaaaa….A mulher tava trabalhandooo e um maconheiro sem vergonhaaa acaba com a vida de uma mae de familia assim…Que Deus ajude a familia da moça e que o rapaz apanhe ate perder a pele na cadeia…(aaa e detalheeee ela foi abusada sexualmente…e o kra ja tinha passagem por estupro)

    Responder
  12. luana disse:30/07/12 13:33

    OOOOOOO Amiga meu coraçao esta apertado por vc,conforto aos seus filhos…o “Arruda” o coordenado, nao deixa entrar de duas pessoas ele diz vcs nao tem segurança particular,ele so se preocupa so com os indices de dengue,ele nao esta preocupado com ninguem,só com sua propria reputaçao.

    Responder
  13. ROSIMAR disse:30/07/12 17:45

    A CULPA SO DA JUSTIÇA DO BRASIL, UMA VERGONHA UM BANDIDO ASSASSINO ,LOUCO , COVARDE MAL CARATER , E LIVRE COMO UM PASSARINHO QUE VERGONHA, ISSO QUE UE CHAMO DE VERGONHA,

    Responder
  14. ROSIMAR disse:30/07/12 18:01

    QUE VERGONHA UM CARA COM TANTAS PASSAGEM P/ POLICIA EEEE, SO PASSAGEM, E ASSIM A JUSTIÇA DO BRASIL TLA VEZ A CULPA E DA MULHER QUE ESTAV TRABALHANDO HONESTAMENTE, E NAO VENDENDO DROGA…… BRASIIIIIL… E ISSO PARABENSSSS

    Responder
  15. LEIA-ME disse:30/07/12 19:50

    BRASILSILSILSILSILSILSIL

    Responder
  16. Anônimo disse:31/07/12 19:28

    Quem poderia me responder se a agente Ivonete Veloso da Silva foi ESTUPRADA, ja que a mesma foi encontrada seminua?
    Porque o assassino foi levado pra prisão e está preso como um traficante e não como estuprador?
    Sou mulher e passei no concurso da zoonose quero saber o que aconteceu com a agente, eu ainda não ingressei na zoonose mais e as mulheres que lá trabalham tem o direito de saber a verdade. Será que so porque é ano de eleição que as pessoas não teraõ o direito de saber o que realmente aconteceu?

    Responder
  17. Anônimo disse:31/07/12 19:40

    CARO SENHOR José Humberto Arruda, PORQ O SEU MEDO DA IMPRENSA É TAO GRANDE A PONTO DE IMPEDIR QUE OS COLEGAS DE TRABALHO DA AGENTE IVONETE ACOMPANHASSEM O VELÓRIO ATE O FIM?
    QUE FALTA DE RESPEITO COM ELA E COM SEUS FAMILIARES, QUE ABSURDO MANDAR UMA ASSESSORA “SUGERIR” PARA QUE OS OUTROS SE RETIRASSEM DO VELÓRIO, O SENHOR DEVERIA SE ENVERGONHAR, QUE TIPO DE PESSOA BAIXA O SENHOR MOSTROU QUE É.
    O SENHOR DEVERIA FOCAR SEUS ESFORÇOS EM PROMOVER MELHORIAS NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS AGENTES ISSO SIM SERIA MUITO UTIL POIS SAO ELES QUEM ESTAO ARRISCANDO SUAS VIDAS E NAO O SENHOR

    Responder