menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Alunos de escolas estaduais fazem simulado de preparação para o Enem 2013

Cerca de 5 mil alunos do terceiro ano do ensino médio de 31 escolas públicas de Uberlândia e de nove cidades da região participam do primeiro Simulado Nacional do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O teste, aplicado no maior município do interior mineiro no período do dia 1º desse mês até a próxima quinta-feira (10), visa ajudar os alunos do último ano do ensino médio de escolas estaduais na preparação para o Enem, que nesse ano acontecerá nos dias 26 e 27 desse mês.

O simulado faz um diagnóstico da condição do aluno para a avaliação do Enem (Foto: Cleiton Bosges)

A iniciativa faz parte do projeto Adote uma Escola, da empresa Primeira Escolha, especializada em avaliações educacionais, que na região realizou uma parceria com o Colégio Nacional e com a Faculdade Politécnica. Trinta funcionários da parceria, que envolve instituições particulares de ensino, estão envolvidos na realização do simulado.

De acordo com Alex Ferreira Andrade Silva, gestor da Modernize, empresa detentora da marca Colégio Nacional, o simulado faz um diagnóstico da condição do aluno em cada área do conhecimento presente na avaliação do Enem e funciona como uma preparação psicológica do estudante para a redução do estresse durante o exame. “Com o teste, o aluno descobre suas potencialidades e fragilidades”, disse Silva, que, para 2014, planeja ampliar a aplicação do simulado também para os estudantes dos anos iniciais do ensino médio das escolas públicas.

Para a diretora da Escola Estadual Ignácio Paes Leme, Régia Queiroz, calcular o tempo adequado para fazer as provas, realizar as correções dos testes para identificar os erros e testar o conhecimento dos alunos foram os benefícios oferecidos aos estudantes na realização do simulado. No total, 90% dos 78 matriculados no terceiro ano do ensino médio do colégio Ignácio Paes Leme participarão do exercício.

De acordo com o aluno do terceiro ano da Escola Estadual Ignácio Paes Leme Guilherme Vitor dos Santos, o que o motivou a participar do simulado foi ter a chance de aprender mais com as correções. E a aluna Carolina Rezende disse que com o simulado ganhou experiência para o Enem. “Passei a ter uma boa noção de como será a prova”, afirmou.

Escola oferece curso aos professores

Um curso de formação de professores da rede pública também é oferecido no Colégio Nacional com o objetivo de reforçar nas escolas estaduais o ensino das áreas de conhecimento abordadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Quatro encontros serão realizados este ano, com o primeiro previsto para amanhã, e mais oito vão ocorrer em 2014.

De acordo com Alex Ferreira Andrade Silva, gestor da Modernize, empresa detentora da marca Colégio Nacional, 70 professores de três escolas de Uberlândia e uma de Araguari participarão do curso. “A partir do diagnóstico do simulado de cada escola, os professores poderão trabalhar conteúdos em que os alunos têm maiores dificuldades de assimilar”, disse.

ENEM 2013

Data

– Dias 26 e 27 de outubro

– A partir das 13h

 

Simulado Nacional do Enem

– 5 mil alunos do 3º ano do ensino médio

– De 31 escolas públicas de Uberlândia e de 9 cidades da região

– Do dia 1º até amanhã

 

 Dicas para se dar bem na prova

– Começar o exame pela redação

– Fazer primeiro as questões que o candidato tem mais facilidade

– Pular as questões mais difíceis para ganhar tempo

– Estar descansado nos dias das provas

– Acompanhar os temas recorrentes do noticiário porque algumas questões abordam atualidades

– Estar atento ao horário de chegada aos locais das provas

– Chegar com antecedência aos locais das provas e levar lápis e caneta

– Tirar a bateria do celular para ele não tocar durante as provas

– Levar água e barra de cereais

Comentários

Deixe uma resposta

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.