Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

19/07/2011 19:56

Aumenta o número de multas por excesso de passageiros

Repórter

No primeiro semestre de 2011, a Polícia Militar registrou 73% de aumento em ocorrências de veículos com excesso de passageiros nos setores sul e leste de Uberlândia, região onde aconteceu o acidente que envolveu o taxista Flávio Marins Garcia na noite de domingo (17). Neste ano foram 45 infrações contra 26 no mesmo período de 2010.

“Os motoristas alegam que vão fazer um deslocamento curto. Fazemos as pessoas em excesso saírem do carro para que possa seguir caminho. Mas a autuação não deixa de ser feita”, afirmou Tenente Michele Noronha, comandante do pelotão de trânsito do 17º Batalhão da Polícia Militar.

Dirigir com excesso de passageiros é infração média, gera multa de R$ 85 e 4 pontos na carteira de habilitação.

Comentários (4)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. ald disse:20/07/11 7:17

    mais isso ai deveria ter uma regra menos rigida se tiver 4 crianças atraz e todasd com cinto eu acho que nao atrapalha em nada pois nao da ecesso de peso deveria a lei abrir essa exessao e meons incomodo que 3 gordinhos e nao atrapalha em nada o motorista agora na frente nao pode ter mais q um passageiro eu mesmo ja andei com ecesso pois vou dar 2 viagens por causa de um passageiro

    Responder
    • PROFESSOR disse:20/07/11 10:21

      Seu carro deve ser especial com cinto de segurança pra 4 pessoas. Outra coisa escreva excesso e exceção assim. E pra finalizar não fale dos gordinhos.

      Responder
  2. Osvaldo disse:20/07/11 7:55

    Dirigir com excesso de passageiros é infração média, gera multa de R$ 85 e 4 pontos na carteira de habilitação. Não sou eu é quem está dizendo, mas porque não aplicar este nos onibus coletivo, que vem descriminado no seu interior o número de passageiros sentados e o número de passageiro em pé, mas que na realidade isso não acontece os onibus colocam gente até não caber mais,,, porquê a lei é aplica somente em carros de passeio se o risco de acidente por excesso de passageiro é o mesmo? Não precisa explicar eu só quero intenter!!!

    Responder
  3. PROFESSOR disse:20/07/11 10:30

    Onde colocaram meu comentário. Além de dar uma aula de português de graça ainda defendi os gordinhos. Fora o caso do carro de 4 cintos e o fato do Ald estar defendendo andar com excesso de passageiros. Isto pode?

    Responder