Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Bairro Vieno, em Araguari, terá cinco ruas asfaltadas

Laurentino Benedito sofre com a falta de estrutura do bairro

O bairro Vieno, em Araguari, deve receber, até o fim deste ano, asfaltamento nas cinco principais vias que dão acesso ao bairro. O investimento para obra é do Ministério das Cidades e o projeto aguarda aprovação da Caixa Econômica Federal para ser iniciado.

Laurentino Benedito da Silva é aposentado e mora no bairro há 12 anos. Ele afirma que as promessas de melhorias são muitas e que as datas prometidas não são cumpridas. “Existem ruas que estão como asfaltadas no papel e nunca viram a cor do piche”, disse.

Segundo o prefeito Marcos Coelho de Carvalho, o projeto para a obra de asfaltamento já foi feito e aguarda aprovação da Caixa. A obra orçada em R$ 820 mil terá contrapartida de R$ 220 mil da prefeitura e outros R$ 600 do Ministério das Cidades.

O levantamento para realização do projeto foi realizado pelo 11º Batalhão de Engenharia e Construção. O processo de licitação deve começar ainda no primeiro semestre deste ano. O prefeito disse que não existem prazos ou datas para execução da obra.

Infraestrutura

O Vieno é um dos bairros que cresceram sem planejamento estrutural. Afastados da região central de Araguari, os moradores reclamam da falta de acesso a serviços básicos, como saúde. Morador do bairro há um ano e meio, Clodoaldo Storti afirmou que o bairro não tem a estrutura mínima necessária. “Pela falta de asfalto é difícil chegar ao posto de saúde do bairro mais próximo e as ambulâncias da prefeitura demoram ou não vêm no bairro”, disse.
O prefeito Marcos Coelho disse que o bairro vai receber a estrutura assim que o asfaltamento for feito.

Comentários

2 respostas para “Bairro Vieno, em Araguari, terá cinco ruas asfaltadas”

Deixe uma resposta


+ 3 = nove

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.