Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Batalhões da Polícia Militar em Uberlândia apresentam novos comandantes

Os novos comandantes dos dois batalhões da Polícia Militar de Uberlândia, 32º e 17º, tenente coronel Eliel Alves Junior e tenente coronel Ailton Donisete de Souza, respectivamente, assumiram o posto na manhã desta quarta-feira (30) em solenidade no auditório do prédio da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (9ª Risp).

Batalhões da Polícia Militar em Uberlândia apresentam novos comandantes

A mudança de comando também foi feita na Companhia de Missões Especiais (Cia Mesp), que agora está sob a chefia do ex-subcomandante da Cia Mesp, Major Marcos Vinícius Barros. O major assumiu o lugar do tenente coronel Ailton Donisete, que foi promovido. “Eu conheço a realidade da Cia Mesp e de todas as 18 cidades que são atendidas por ela. Vamos continuar atuando nas situações mais graves de forma pacífica”, disse Barros.

Os dois batalhões eram comandados pelo tenente coronel Wesley Barbosa (17ºBPM) e pelo o tenente coronel Sandro Heleno Leite (32º BPM). O dois vão para a Academia de Polícia Militar em Belo Horizonte para fazer um curso preparatório para o cargo de coronel.

Segundo o comandante Coronel Dilmar Crovato, o curso prepara para missões de níveis estratégicos e missões maiores na Polícia Militar e tem duração de seis meses. “Foi uma mudança necessária. Ao término do curso estaremos empenhados a trazê-los de volta”, disse. “Os profissionais escolhidos já têm identidade com a sociedade de Uberlândia e a mudança será significativa para a PM e para a sociedade”, afirmou.

O agora comandante do 32º Batalhão, Elial Alves Junior, disse que pretende reduzir os índices de criminalidade na região. “Sabemos que a droga é a principal causa de homicídios na cidade hoje. Por isso estamos fazendo um trabalho para tentar minimizar esse problema”.

Tenente coronel Eliel Alves Junior, tenente coronel Ailton Donisete de Souza e Major Marcos Vinícius Barros assumiram comando

O tenente coronel Donisete de Souza, que também trabalha com foco no combate ao tráfico de drogas, pretende “apertar o cerco contra os criminosos”. Segundo ele, as operações serão intensificadas. “Vamos dar uma resposta a essa onda de criminalidade em nossa cidade”.

170ª Cia

A mudança também será feita na 170ª Cia de Polícia Militar, que fica no bairro Santa Mônica, zona leste de Uberlândia. Quem irá assumir o comando será o Capitão Davi de Brito Junior, que estava na assessoria de comunicação do 17º BPM. No lugar dele ficará o capitão Reginaldo Correia Silva. A alteração deve ser feita oficialmente na próxima semana.

Curso

O curso é promovido pelo Centro de Pesquisa e Pós-Graduação da Academia de Polícia Militar, em Belo Horizonte, em parceria com a Escola de Governo da Fundação João Pinheiro e amplia e atualiza os conhecimentos de tenentes-coronéis e majores para as funções estratégicas de comando da instituição, bem como os habilita para a promoção ao posto de Coronel.

Histórico

Ailton Donisete de Souza
Entrou na Polícia Militar em 1989, foi chefe das seções de Planejamento e Operação do 17º BPM e de Recursos Humanos. Assumiu o comando de Araguari e também o da Companhia de Missões Especiais (Cia Mesp).

Eliel Alves Junior
Está na Polícia Militar há 26 anos. Durante toda essa carreira, o tenente coronel já exerceu várias funções nos dois batalhões e também na 9ª Região Integrada de Segurança Pública.

Marcos Vinícius Barros
Iniciou na Polícia Militar em 1984. Recebeu as promoções para Tenente, Capitão e Major da PM por merecimento.

Comentários

Uma resposta para “Batalhões da Polícia Militar em Uberlândia apresentam novos comandantes”

  1. Parabéns aos novos e jovens comandantes, a sociedade de Uberlândia acredita que o empenho e a dedicação farão a diferença na redução dos índices de criminalidade. A brilhante filosofia de trabalho desempenhada pelo Comandante Crovato e seus comandados tem mostrado resultados extremamente satisfatórios. A cidade cresce com uma das maiores médias nacionais, os desafios também, o trabalho deve continuar. A sociedade agradece.

Deixe uma resposta


8 + seis =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.