Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

7/12/2011 15:04

Batida entre duas carretas deixa um morto

Especial para o CORREIO

O acidente aconteceu próximo a Patos de Minas

O acidente envolvendo duas carretas na BR-365, próximo a Patos de Minas, matou o caminhoneiro José Everaldo, 39 anos, e deixou um casal ferido na manhã desta quarta-feira (7). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher e o homem que estavam na carreta carregada com brinquedos foram socorridos e passam bem.

O casal teria saído de Joinvile (SC) e seguia sentido a Uberlândia, quando tentaram desviar do bitrem carregado com feijão. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, José Everaldo saiu do pátio de um posto de gasolina e entrou na rodovia sem respeitar a sinalização.

Ao tentar desviar, a carreta fez um “L” na pista e arrancou a parte da frente do caminhão, que estava no sentido contrário. José Everaldo ficou preso nas ferragens e morreu na hora.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros que seguia para atender à ocorrência capotou 500 metros antes do local do acidente. Os três bombeiros sofreram escoriações leves e não precisaram de atendimento médico. Segundo o Corpo de Bombeiros, a viatura ficou danificada e ainda não se sabe se teve perda total.

Veja galeria de fotos do acidente na BR-365

Comentários (6)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. maria paula disse:07/12/11 15:07

    99% dos acidentes em rodovias tem caminhão e carreta envolvidos… Eles dirigem como se fossem os melhores, os donos da estrada, fazem cada coisa… eu morro de medo!

    Responder
  2. Xadem disse:07/12/11 15:35

    Olha, respeito muito a profissão de caminhoneiros, muito mesmo. Esse pessoal, realmente são sofredores, mas o que vejo sempre que viajo é muita imprudência por parte de muitos caminhoneiros.

    Muitos não respeitam nenhum veículo menor.

    Ontem mesmo tinha um dançando na minha frente, de 30 em 30 segundos sinalizava que ia sair da pista. Comecei a buzinar sem parar e parece que ele acordou. Creio que estava dormindo ou algum coisa assim.

    Esse pessoal é OBRIGADO a entregar cargas em tempo desumano, fazer jornada desumana e carregar carga acima do peso, tanto é que nossas estradas recém construídas ou recém recapeadas estão bem “amassadas”.

    Nâo temos balanças nem fiscalização adequada, bem como uma política de cargos e salários adequada para esses senhores.

    Brasil, Terra de Alice!

    Leandro Chagas Demetrio Xadem
    http://www.xadem.com

    Responder
  3. LUCAS SILVA disse:07/12/11 18:18

    eu tenho certeza que a viatura nao teve perca total, deve ter tido PERDA, mas perca é meio dificil ne??

    Responder
  4. alberto marques disse:07/12/11 22:50

    preste atençao na noticia que voces colocam por favor fazem faculdade de jornalismo ou so vao tomar cerveja se voces soubessem realmente o que aconteceu nao diriam uma mentira dessas , como ele saiu do patio do posto e seguia no sentido contrario e a carreta foi desviar dele e bateu de frente com ele; preste atençao a prf nem da declaraçao a voces comfirmen antes de publicar e ferir ainda mais uma familia em luto aqui no rastreador tem todos os movimentos dele e nao foi nada disso que voces falaram que aconteceu

    Responder
  5. Daniela Biscaia disse:08/12/11 21:44

    Prestem atenção é muito facil culpar a pessoa que faleceu como que o caminhoneiro teve culpa se ele estava na pista contraria vcs não tem consideração ? e respeite a familia dele.

    Responder
  6. Fer Borges disse:29/12/11 20:24

    Meu irmão era colega de trabalho do motorista que veio falecer, a culpa foi de um onibus, que acabou fugindo do local, e agora a culpa cai sobre uma pessoa que não está mais entre nós para poder se defender por favor gente !

    Responder