Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Chocolate branco não é chocolate; saiba por quê

Chocolate branco não leva semente de cacau na composição

Amantes de chocolate branco devem ficar atentos ao consumir o alimento em excesso durante a Páscoa. Ao contrário do preto, que possui sementes de cacau e substâncias oxidantes na sua formulação, a versão branca do chocolate é constituída, basicamente, por manteiga de cacau, leite e açúcar e é rica apenas em gordura saturada – aquela que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), está relacionada a problemas cardiovasculares. Segundo a nutricionista Daniela Serwy, essa composição faz com que muitos especialistas não considerem chocolate branco como chocolate e sim um grande aglomerado de gordura que pode trazer prejuízos à saúde. “O chocolate branco contém manteiga de cacau em vez de massa de cacau e tem menor teor de nutrientes benéficos”, disse.

De acordo com a nutricionista, é a quantidade de cacau presente no chocolate que vai definir os benefícios que ele proporciona. “O chocolate ao leite, por exemplo, possui em sua composição mais leite em pó e açúcar do que cacau, por isso, é mais doce e não tem praticamente nenhuma atividade cardioprotetora. O mesmo acontece com o chocolate branco, que não é feito com o próprio fruto. Já o chocolate amargo, que é produzido com os grãos de cacau torrados, sem adição de leite e com menos açúcar, é o tipo de chocolate mais indicado para o consumo no dia a dia. Garantindo benefícios à saúde por causa do alto teor de flavonoides e antioxidantes, que reduzem os riscos das doenças cardiovasculares”, afirmou.

Quantidade permitida

Para quem não consegue viver sem chocolate, seja ele branco ou preto, a nutricionista explica que há uma quantidade diária que pode ser consumida sem que a dieta seja prejudicada. “Para o chocolate preto, são permitidos de 30 a 40 gramas ou 4 quadradinhos do tablete grande, o que equivale a 150 calorias. Já o chocolate branco, 30 gramas equivalem a 164 calorias. Mas vale lembrar que, independentemente do tipo de chocolate, todos têm um alto valor energético e grande quantidade de gorduras, por isso, deve ser consumido com moderação”, disse.

Veja a composição de cada tipo de chocolate

Chocolate branco: obtido a partir da mistura de manteiga de cacau com outros ingredientes, como leite. Não contém massa de cacau. Contém no mínimo 20% de sólidos totais de manteiga de cacau

Chocolate amargo: feito com grãos de cacau torrados, pouco açúcar e quantidade mínima de manteiga de cacau, sem adição de leite. Segundo a legislação brasileira, deve conter 35% ou mais de sólidos de cacau

Chocolate ao leite: apresenta em sua composição licor e manteiga de cacau, leite, leite em pó ou leite condensado e açúcar. A legislação estabelece que contenha um mínimo de 25% de sólidos totais de cacau

Comentários

22 Responses to “Chocolate branco não é chocolate; saiba por quê”

  1. Tá certo vou comer chocolate para cuidar do coração, eu fico bobo de ver certas reportagens na TV, nas revistas e jornais.

    Quem quer cuidar do coração tem outras coisas para fazer, comprar uma ovo de páscoa para curar uma angia seria demais.

    Trata-se da mesma falácia da vitamina na casca das frutas, tudo bem, na casca da maça tem mais vitamina em termos percentuais, agora pese a casca e depois pese o restante. Vamos fazer uma conta a casca tem 6 vezes mais vitamina, mas a massa é 200 vezes menor, conclusão joga a casca fora e perderá menos de 3%.

  2. A industria de alimentos, inventa modismo e entope o brasileiro de gordura trans e outras porcarias e conta com aval de médicos e nutricionistas irresponsáveis. É preciso dar um basta nesse péssimo hábito brasileiro de copiar modismos ainda piores vindos de fora. Resgatar nossa identidade e saúde, antes do anoitecer…

  3. Mesmo com tudo isso , eu adoooooro chocolate branco , p mim é o melhor ! , se tiver biscoitinhos nele , melhor ainda.
    E esse povinho ai que fala que tem gosto de “vela” , eu estou imaginando vocês mastigando vela e comparando com o Cho. branco (;

  4. Juliana, boa noite!
    Trabalho com o chocolate meio amargo( cobertura) da Garoto há mais de 16 anos.
    Agora fui surpreendido com a nova formulação do mesmo. ACRESCENTARAM MAIS GORDURA VEGETAL E AINDA PARA PIORAR FAZ PARTE DOS INGREDIENTES O LEITE EM PÓ INTEGRAL.
    SABERIA ME EXPLICAR O PORQUE DESSE ÚLTIMO?
    Já estou procurando outro fornecedor!
    Att.,

    Paulo Lage

  5. Estúpida mentira. Pessoas com alergia a cacau não podem comer chocolate branco, pois, por mais que ele seja produzido com a gordura essa gordura é extraída do cacau

  6. Estúpida mentira. Pessoas com alergia a cacau não podem comer chocolate branco, pois, por mais que ele seja produzido com a gordura essa gordura é extraída do cacau. A esses é indicado o consumo do chocolate produzido com alfarroba.

  7. O que importa é que chocolate branco é delicioso. Se eu querer comer algo com nutriente eu como feijão com arroz. E um chocolate branco como sobremesa eheheh…

  8. Não gosto muito de chocolate branco, Pq uma vez eu comi e passei muito mal, Passei mal de vomitar e de dar diarréia…Hj eu estava fazendo uns doces para minha prima com o chocolate branco e proveio pois eu tinha me esquecido na hora, Foi eu comer passou 10 min e comecei a passar mal de dores fortes na barriga…Fui pesquisaR na Internet e vi que o chocolate branco tem muita gordura acho que foi isso então…Oq eu faço para melhorar?

Deixe uma resposta


Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.