menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Chuva deixa ruas e avenidas alagadas em Uberlândia

A chuva da tarde desta quarta-feira (14) em Uberlândia resultou em alagamentos em pelo menos cinco importantes avenidas da cidade e o trânsito ficou complicado. Em apenas uma hora choveu mais de 50 mm. Um carro ficou quase submerso, no bairro Santa Mônica, mas não houve feridos.

A chuva começou perto das 16h e, até o início da noite, a estação climatológica da Universidade Federal de Uberlândia registrou um total de 78,6 mm. Isso equivale a 26% de toda a média para o mês de dezembro, que é de 300 mm. As regiões mais afetadas foram as zonas leste, norte e central.

Vários pontos da avenida Rondon Pacheco ficaram alagados e impediram o tráfego por mais de uma hora. O principal alagamento aconteceu entre o cruzamento com a avenida Anselmo Salves do Santos e o viaduto da rua Duque de Caxias. Uma série veículos tiveram problemas mecânicos ou elétricos e motoristas usaram calçadas e postos de combustíveis para evitar a enxurrada que cobria a pista.

Na Anselmo Alves dos Santos, próximo ao 17º Batalhão da Polícia Militar, o motorista Leoclécio Pascoal tentou cruzar a pista encoberta pela água e o carro parou. Ele teve que deixar o veículo, com medo de que a água pudesse subir. “Fiquei com água no joelho depois que saí do carro”, disse. Na mesma avenida, o acúmulo de água próximo à BR-050 também travou o trânsito.

Carros ficaram parados também nas avenidas João Naves de Ávila e Monsenhor Eduardo por conta da enxurrada. Houve dificuldade ainda para o trânsito na avenida Comendador Alexandrino Garcia, no bairro Marta Helena. Uma árvore caiu na avenida Minervina Cândida Oliveira e obstruiu meia pista.

Ontem (13), durante a tarde, também houve registro de alagamentos durante a chuva que caiu na cidade.

 Matéria atualizada às 21h de 14/12/16 para acréscimo de informações.

Comentários

One Response to “Chuva deixa ruas e avenidas alagadas em Uberlândia”

Deixe uma resposta

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.