Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Começou o prazo de alistamento militar

Já começou o período de alistamento obrigatório para o serviço militar em todo o Brasil. Quem completa 18 anos em 2012 deve procurar a Junta de Serviço Militar. O prazo para se alistar vai até o dia 30 de abril. A 7ª Delegacia de Serviço Militar (Junta Militar de Uberlândia), fica na avenida Cipriano Del Fávero, 760.

Veja mais “Pela Cidade”

Abertas inscrições para a Eseba

A partir de hoje estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de professores substitutos para Escola de Educação Básica (Eseba). São quatro vagas, nas áreas de matemática, língua portuguesa, ciências e artes. As inscrições vão até o dia 17. Informações pelo site da Eseba.

UFU faz processo para preencher vagas

Começou hoje, o prazo de inscrições para o Processo Seletivo para as vagas ociosas em 2012-1, por meio dos processos de reingresso e transferência interna da UFU. As inscrições deverão ser feitas no endereço eletrônico da UFU, até o dia 12. As vagas para transferência são destinadas aos candidatos que concluíram, com aprovação, todas as disciplinas do 1º e 2º semestres, ou do 1º ano letivo.

Férias no Parque está com inscrições abertas

A Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer preparou atrações para o período de férias escolares. Em janeiro acontecem as “Férias no Parque do Sabiá”, para crianças de 7 a 14 anos. Os interessados devem se inscrever até sexta-feira (6), na sala dos professores próxima às piscinas, pela entrada do bairro Tibery. São 160 vagas, divididas em dois turnos. As atividades acontecem de 9 a 20 deste mês.

Comentários

9 respostas para “Começou o prazo de alistamento militar”

  1. Deveriam fazer uma convocação democrática, vai quem quer; seguundo, deveria ser obrigatório para os jovens envolvidos com tóxicos, violência, como meio de reintegrá-los na sociedade, sob a custódia do Estado. A guerra é interna e as forças armadas estão ociosas e alheias a esse problema.

  2. Servir uma Brasil bandido deste que coisa.
    Pior que o cidadão joga um ano ou mais de vida no lixo servindo o exercito sou plenamente a favor do não alistamento pior que em caso de guerra o soldado da a vida para salvar os bandidos da politica deste pais de ALICE

  3. LEITOR SEVERO GOMES- imagina todo mundo doidão dentro do exercito fim do dia aquele tanto de soldado tudo fumando um baseado .
    Dps para festejar todo mundo atirando com os fuzis velhos do exercito brasileiro .

  4. “O Brasil é um país realmente muito fora da realidade mundial em termos de serviço militar – eu tenho vergonha de viver num país como esse de mente tapada onde ainda utiliza o processo da ditadura militar para serviço militar obrigatório – em todos os países desenvolvidos não existe serviço militar obrigatário só aqui nesse país atrasado cuturalmente – é uma vergonha mas como os brasileiros continuam calados não exigem mudanças as coisas continual assim mas se todos se unissem a coisa mudaria para democracia”

  5. Os países em guerra procuram colocar apenas as pessoas com menor valor social possível nas trincheiras no passado colocavam escravos e bandidos – hoje eles alistam garotos adolescentes de 17 e 18 anos e se tiver guerra mandam os solteiros e sem filhos de inicio para evitar pagamentos de pensões às esposas e filhos – os adolescentes são comparados a lixo ou algo descartável e sem valor ou vc acha que o governo alistaria alguém de valor pra colocar em trincheiras? só esses garotos que se morrerm numa guerra não darão prejuizoz ao governo principalmente -é assim que o cidadão é valorizado aqui no Brasil já na Europa decidiram valorizar o cidadão tornando o serviço militar facultativo em toda europa”

  6. “Nos países ricos os cidadãos não servem por obrigação pois lá eles são valorizados e considerados gente importante não para aprender a matar os outros mas sim para aprender tudo o que ser necessário para o bem entre as pessoas e o progresso da nação – viva a democracia dos países de primeiro mundo”

Deixe uma resposta


três − 1 =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.