Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Comissão Especial vai investigar irregularidades nas casas do Shopping Park

Hoje durante a sessão, foi apresentado um laudo da Secretaria de Habitação relatando anomalias estruturais em quase 250 casas

Uma Comissão Especial com nove vereadores foi criada nesta segunda-feira (9) durante a quarta sessão ordinária do mês na Câmara Municipal com a missão de averiguar situações envolvendo supostas irregularidades nos conjuntos habitacionais financiados pela Caixa no bairro Shopping Park, zona sul de Uberlândia.

Três questões centrais foram definidas como prioridade. A primeira diz respeito aos problemas com a estrutura dos terrenos na parte baixa do loteamento, no declive do leito do rio Uberabinha, em um trecho logo acima do clube Caça e Pesca. A situação foi mostrada em reportagem do CORREIO de Uberlândia no dia 7 de fevereiro.

Na época, quando moradores reclamaram ter as casas invadidas por enxurradas, o poder público nas esferas municipal e federal não reconheceu a atribuição de construir muros de arrimo nestes imóveis ou providenciar outra solução técnica.

O segundo ponto é em relação às invasões das casas ocorridas entre o dia 31 de março e 4 de abril. Há uma suspeita de que parte dos imóveis invadidos, cerca de 200, não foi entregue aos mutuários beneficiados por causa de defeitos técnicos (engenharia) e não somente por atraso nas documentações.

Já o terceiro foco será em entender o porquê há demora no repasse de um empréstimo de R$ 25 milhões requeridos à Caixa pelo prefeito Odelmo Leão no início do ano passado. O financiamento, que chegou a ser aprovado, deve ser usado para asfaltar vias do Shopping Park, zona sul, e Morumbi, zona leste. Em ambos os bairros, a pavimentação ainda é parcial.

Segundo o presidente da Câmara, Vilmar Resende (PP), a equipe formada terá toda a autonomia da casa Legislativa para apurar as circunstâncias. “Irá acionar os órgãos competentes e, se for preciso, também poderá entrar em vias judiciais”, disse.

Laudo

Hoje durante a sessão, foi apresentado um laudo da Secretaria de Habitação relatando anomalias estruturais em quase 250 casas, das 533 que ainda não foram entregues do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no Shopping Park, zona sul.

As páginas do laudo, finalizado em 20 de dezembro de 2011, mostram supostos desníveis, tanques de lavar instalados sem apoio, janelas instaladas ao contrário, assentamentos uniformes de azulejos e outros problemas.

Segundo o líder do prefeito na Câmara, Wilson Pinheiro (PTC), são casas cuja construtora licitada entregou após ter supostamente falido. “O laudo foi enviado à Caixa. Ela é a responsável legal pela solução”, disse.

O vereador de oposição Delfino Rodrigues (PT) informou que a instituição garantiu que tudo foi construído dentro de um padrão técnico. “A pessoa que achar haver alguma irregularidade deve procurar a Caixa individualmente para protocolar uma queixa”, disse.

Sem resposta

A reportagem questionou a Caixa Econômica Federal (CEF) sobre os pontos que serão averiguados pela Comissão Legislativa Especial na tarde de hoje. A assessoria de comunicação da entidade informou que repassou as dúvidas aos responsáveis técnicos.

No entanto, disse que não conseguiria dar respaldo para todas as questões ainda hoje, comprometendo-se em se pronunciar, se possível, amanhã à tarde (10).

Comentários

5 respostas para “Comissão Especial vai investigar irregularidades nas casas do Shopping Park”

  1. 1-Por onde anda o Secretário de Habitação da atual gestão que ainda não se pronunciou… O Sr. Felipe Atiê, aquele que aparecia de capacete laranja campanha, que tanto colocou Otdoors em toda Uberlândia.
    2-Segundo a conversa do nobre vereador Wilmar Resende é falácia, na pobre câmara municipal de Uberlândia, só existem 4 vereadores de oposicão, se decidirem qualquer ato contra o município e a caixa, ambos protagonistas da mesma sujeira, via judiciário e se por um acaso os mesmos estiverem na mesma comissão, vão perder de 5 votos a favor, contra quatro contrários… Tem alguma coisa errada nesta comissão?
    3-O prefeito ainda não resolveu nem a lambança do seu secretário de habitação e já está pensando em dinheiro para asfalto… É preciso ter respeito com o dinheiro do contribuinte de baixa renda, que recebeu casas com janela ao avesso, sem muro de arrimo, escola infantil sub-dimensionada, linhas de ônibus deficitárias e tantas outras irregularidades.
    4-Este Wilson Pinheiro é aquele que passou 4 anos chamando o prefeito de ladrão aos quatro cantos da cidade? É aquele que tem uma foto do prefeito e um leãozinho no gabinete? E ainda tem a coragem de falar que a construtora que entregou a obra estava em situação falimentar? Porque a caixa em conjunto com a prefeitura, não viu isto em favor das pessoas de boa fé que compraram as mesmas?
    5-Com certeza deviam existir no momento da inauguração de tal conjunto, todos os profissionais da caixa e os políticos da situação, só depois de algumas chuvinhas e a boca no trombone do povão a pobre câmara masi privada do Brsil resolveu agir? Ou em tempos políticos é cada um pra sí e DEUS prá todos? Não me comprometam!
    6-Porque o nobre vereador Delfino, em vez de ficar só criticando os desmandos da prefeitura que são vistos a olhos nús, quando se trata da política de votos, não percegue a instituição que ora encontra-se licenciado e pede explicações aos milhares de superintêndentes, assessores, sub-assessores, técnicos, engenheiros e tantos outros profissionais que deveriam ter visto os problemas, que qualquer servente de pedreiro sabe que não pode cometer, para o bem geral da nação.
    Que pena, já começou contaminada a atual comissão, com todo mundo jogando pra galera… Espero que desta vez o povão faça pelo menos um golzinho de empate no time do parlamento.
    Promotores de plantão, façam fileiras com o povão!

    Como dizia Millor Fernandes:

    “Em política nada se perde e nada se transforma – tudo se corrompe.”

  2. No fundo de minha casa tem uma piscina particular de enxurrada e da falta de terra que me foi roubado na obra, fora a enxurrada por falta do arrima… E a prefeitura faz nada, 5 meses de peleja e reclamação ao vento…

  3. Parabéns pelo seu comentário e desabafo. Já pensou em enviar o mesmo para os e-mails dos digníssimos vereadores? Não sei se todos responderão, pois só pensam neles.

Deixe uma resposta


três + = 8

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.