Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Corpo é encontrado às margens do rio Uberabinha

Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 14h

Com três marcas de tiros espalhadas entre o peito e costas e em estado de decomposição avançado, o corpo de Wagner de Oliveira Miguelino, 22, foi encontrado, neste domingo (25), às margens do Rio Uberabinha, na região do bairro Dona Zulmira, zona oeste de Uberlândia. O homem que estava desaparecido desde o dia 21 deste mês foi encontrado por populares que acionaram a Polícia Militar (PM).

Os bombeiros também foram acionados e realizaram o resgate do corpo, que durou cerca de 30 minutos. “O resgate levou certo tempo porque o corpo estava preso em uma galhada, por isso tivemos que entrar no rio para prendê-lo em uma corda e conseguir retirá-lo”, disse o sargento Lelis Amaro Martins, do 5º Batalhão de Bombeiro Militar.

A testemunha que acionou os policiais disse que estava com os familiares apanhando mangas as margens do rio quanto viu o corpo. “Tomamos um susto, achamos que era um boneco. É esquisito encontrar algo assim, ainda mais em dia de Natal”, afirmou.

De acordo com o Cabo Weliton Prado, da 109ª Cia da PM, o homem tinha passagens pelo sistema policial por tráfico de drogas. “No boletim de ocorrência que registrou o desaparecimento dele, uma testemunha que não quis se identificar relatou que ele tinha tomado uns tiros na favelinha do Daniel Fonseca e foi jogado no rio”, disse.

Comentários

10 respostas para “Corpo é encontrado às margens do rio Uberabinha”

  1. Depois desse já teve outro homicídio, no Bairro Canaã, nesse final de tarde.
    Já são 188 mortes violentas esse ano na cidade. Está perto de “190″, o que seria uma justa homenagem ao COPOM (Polícia Militar).

  2. eitaaaa , os jovem estão morrendo ? o que será do nosso mundo sem eles? junta-se a nos geração jovem , se entrega a DEUS galera ….a diferencia e imediata *

    *-*

  3. Que Deus o tenha em um bom lugar //todos nos independente de classe social /religiao/precisamos de Deus no coraçao e na nossa vida//que Deus conforte a familia dele//que com certeza o amava independente do que ou que ele fazia//

Deixe uma resposta


− 4 = zero

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.