menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Especialista dá dicas de como falar em público

Romero Machado dá dicas para falar bem em público

Um bicho de sete cabeças. É assim que as pessoas tímidas, em muitas ocasiões, definem o “falar em público”. O medo, a ansiedade e a insegurança atrapalham a boa comunicação e dão espaço para a vergonha. A pessoa se sente inibida e perde a vontade de se pronunciar.

Segundo o consultor de comunicação pessoal, Romero Machado, não é uma tarefa fácil, mas com conteúdo, técnica e disciplina, é possível ter uma comunicação eficiente. “É muito importante desenvolver o autoconhecimento. Sempre ouço as pessoas dizerem que falar bem é um dom de certos privilegiados. É um grande erro pensar assim. A comunicação é uma competência que pode ser desenvolvida”, afirmou.

Um dos passos mais importantes para o sucesso da comunicação, de acordo com o consultor, é reconhecer a existência da timidez e procurar vencer as dificuldades. Ele sugere que as pessoas tímidas tenham domínio sobre o assunto que desejam abordar, estudem o perfil de quem vai ouvir, acreditem no que vão dizer e não se esqueçam de ter uma boa estratégia.

Desenvolver uma comunicação eficiente é fundamental tanto para a área profissional quanto para a pessoal. “Muitas pessoas perdem boas oportunidades na vida por causa da timidez, da vergonha, da insegurança e da autocrítica”, afirmou Romero Machado.

De acordo com o consultor, a boa comunicação exige calor humano, entusiasmo, carisma, disposição e convicção. O tímido deve acreditar nas palavras, ideias, argumentos e projetos, vendo as pessoas não como ameaças, mas sim como aliadas.

Use a timidez ao seu favor

O tímido tem uma grande virtude: na dúvida, ele fica calado.

O tímido tem uma grande virtude: na dúvida, ele fica calado. Saber escutar é muito importante para desenvolver uma boa comunicação. Segundo o consultor de comunicação pessoal, Romero Machado, a pessoa tímida tem mais facilidade para se concentrar, é mais observadora e mais cautelosa nas colocações. “Uma dica importante é se aceitar. Nada de tentar interpretar personagens incoerentes com a realidade. Outro conselho importante é ser mais otimista em relação ao que ê tem para dizer. Agindo assim é possível se sentir mais confiante e seguro”, disse.

Ainda de acordo com o consultor, é possível citar exemplos de pessoas que entraram para a história da humanidade sem jamais ter escondido a a timidez e introversão, como Larry Page – fundador do Google, Einstein, Darwin, Gandhi, J.K Rowling, Chopin, Steven Spielberg, entre outros. ”Ter uma comunicação bem estruturada com início, meio e fim é fundamental. Acredite que vai dar certo.”

Quando for falar em público:

• Cumprimente as pessoas com entusiasmo (como se você estivesse indo ao encontro de uma pessoa que você admira), não se esqueça do sorriso;
• Procure conquistar os ouvintes contanto uma pequena história. Você pode ainda fazer uma comentário elogioso sobre a presença dos ouvintes ou falar da importância daquela reunião ou evento.
• Prepare a plateia para o seu assunto. Informe o tema e aonde pretende chegar com ele. Você pode falar do passado ou ainda levantar um problema.
• Falou do passado, está na hora de falar do presente. Levantou um problema, está na hora de trazer a solução. Apresente argumentos, ideias, dados ou números.
• Conclua. Na conclusão devemos trazer, em uma ou duas frases, uma síntese do que foi a apresentação. Fale com entusiasmo e finalize agradecendo às pessoas pela atenção e oportunidade.

Dicas:

1) Cumprimente as pessoas com carisma e disposição. Sorria mais!
2) Você será valorizado pelas pessoas da mesma forma que se valoriza. Cuide da sua autoestima.
3) Você é o que faz repetidas vezes. O que tem feito de diferente para ter resultados diferentes?
4) Não tenha medo de aceitar a sua timidez. Aceitar-se é a melhor decisão a ser tomada.
5) Um bom bate-papo com pessoas próximas ou não, traz muitos benefícios. Experimente interagir mais!
6) Sentindo que está sem assunto, seja um bom ouvinte. Essa, na verdade, é uma grande virtude. Estimule as pessoas para que falem mais. É importante demonstrar que está interessado no que o outro está falando.
7) O mais importante é estar bem consigo mesmo. Caso esteja incomodado com seu comportamento, procure ajuda. Vale muito a pena participar de treinamentos, palestras ou fazer terapia. O que não pode é ficar aí sofrendo, reclamando da vida por não ser isso, não ter aquilo.

Comentários

4 Responses to “Especialista dá dicas de como falar em público”

  1. poxa era tudo que eu precisava saber,poi sofro com a timidez,as vezes tenho problema com a apresentação de ideias de trabalho em grupo,fico pedindo pra que não xegue a hora q eu tenha q falar,mas depois dessas dicas vou mi exercitar mais e brevemente deixar esse problema de lado!

Deixe uma resposta

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.