Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Falta de bueiros irrita moradores do bairro Minas Gerais

Água não tem para onde escoar e fica empoçada em rua do bairro Minas Gerais

Os moradores do bairro Minas Gerais, na zona norte de Uberlândia, reclamam de falta de estrutura no local. Segundo eles, faltam bueiros nas ruas e no período de chuvas a água toma conta das casas.

De acordo com o presidente da associação de moradores do bairro, Rod Nei Borges, a falta de escoamento de água em diversas vias do Minas Gerais causa transtorno durante todo o ano. “Toda a água que cai na rua fica nas vias e não tem para onde escoar”, afirmou Rod Nei.

A reportagem do CORREIO de Uberlândia passou por 15 ruas do bairro e em nenhuma foram localizados bueiros. Toda a água lançada em via pública desce até a rua Manoel Beckman, uma das últimas do Minas Gerais, e invade as casas. Nilma Raquel Andrade mora no local há oito anos e disse que desde que se mudou para lá convive com esse problema. “Sempre foi assim. A água toma conta da rua o dia todo, o ano inteiro. Às vezes, dá vontade de mudar daqui”, afirmou Nilma Andrade.

O problema de falta de escoamento no bairro, segundo os moradores do Minas Gerais, começa no loteamento Boulevard Mineiro, que desemboca nas ruas Monteiro Lobato e Virgilio Carrijo, onde a água fica empoçada pela falta do sistema pluvial. “Moro aqui há um ano e é sempre assim: a água já começa a empoçar na própria canaleta, que vive entupida de lixo e mato”, disse a atendente de telemarketing Eliamar de Oliveira, que ainda reclamou dos insetos e do mau cheiro que ficam no local.

Secretaria de obras elabora estudo

A Secretaria Municipal de Obras informou em nota que está sendo elaborado um plano de drenagem para diversos bairros e que o Minas Gerais será um dos contemplados. A análise dos custos da implantação do plano será feita após a conclusão do estudo, ainda segundo a nota da secretaria. Nenhuma data foi divulgada.

Sobre a canaleta do loteamento Boulevard Mineiro, que tem cerca de um metro de largura e não tem grade de proteção, a secretaria informou que a limpeza dela é feita periodicamente e que os moradores podem solicitar o serviço por meio do telefone 3239-2800.

Comentários

2 respostas para “Falta de bueiros irrita moradores do bairro Minas Gerais”

  1. EM UBERLANDIA, QUEM NÃO MORA NA ZONA SUL E REGIÃO DO STA MONICA, NÃO TEM MUITA ATENÇÃO DA PREFEITURA. O ODELMO REVIVEU OS TEMPOS DE VIRGILIO GALASSI E RENATO DE FREITAS. CADA UM SE INTERESSAVA POR UM LADO DA CIDADE. O ODELMO PREFERE ZONA SUL E ADJACÊNCIAS.

  2. O modelo de planejamento urbano, atendendo as ambições das especulações imobiliárias, tradicionalmente implantou esse modelo de loteamento em Uberlândia: grandes áreas populacionais com drenagem subdimensionada. Aliada a essa ausência de escoamento das águas, está a morosidade na implantação da coleta seletiva, o lixo corre solto e entope bueiros por toda parte. Sejam humildes e consulte os geógrafos da UFU e da Católica, eles tem mapa de todo local conflitantes.

Deixe uma resposta


três + = 4

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.