Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Foragido da Justiça faz funcionários reféns durante assalto

Duas pessoas foram presas depois de manter como reféns seis funcionários de uma oficina, na manhã deste sábado (5), no bairro Minas Gerais, zona Norte de Uberlândia. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos, de 25 e 17 anos, chegaram armados de revólver e renderam os as vítimas que aguardavam para receber o pagamento de um serviço.

Os homens trancaram os funcionários em uma sala e mantiveram um dos reféns com uma arma na cabeça. “Duas pessoas que também estavam na oficina conseguiram se esconder atrás de um caminhão e ligaram para a polícia. Quando nossa viatura chegou, um dos suspeitos atirou para cima”, disse o cabo Claudiomar Fabiano.

Ainda segundo o PM, depois de dez minutos de negociação, os homens se renderam e soltaram as vítimas. Um dos funcionários foi agredido pelos suspeitos e  passa bem. O suspeito de 25 anos estava foragido do presídio Professor Jacy de Assis e responde pelo crime de roubo. Ambos foram levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil. Uma moto e um revólver calibre 38 foram apreendidos.

Comentários

8 respostas para “Foragido da Justiça faz funcionários reféns durante assalto”

  1. Porque a policia não matou estes dois marginais???
    cade o policial MOTA?
    Estas operações tem que chamar o MOTA que ele resolve a parada,,,
    bandido não tem que ira pra prisaõ, tem que ir direto pro Bom Pastor.

  2. Se acontecer algum imprevisto, na terça-feira o bandido ta solto, se nada de errado acontecer é na segunda-feira mesmo que ele ta na rua com outro revólver assaltando novamente…

Deixe uma resposta


− seis = 1

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.