Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

29/04/2012 19:49

Marido agride a mulher e é preso

Repórter

Um homem de 44 anos foi preso na madrugada deste domingo (29), suspeito de ter agredido a mulher, depois de uma discussão na casa onde moram, na rua Padre Anchieta, no bairro Tabajaras, no setor central de Uberlândia. De acordo com o relato à Polícia Militar (PM), por volta de 1h da madrugada, a mulher chamou o marido, que estava no computador, para deitarem e dormirem juntos.

Com a recusa, a mulher chegou a dizer que “o marido não gostava dela ou era veado”. O homem começou a brigar com ela, chamando-a de “vagabunda, biscate e pilantra”. Em seguida, a mulher foi agredida. Ela teve hematomas no braço direito e um corte no lábio superior.

A vítima foi atendida na UAI do bairro Roosevelt. O homem fechou o portão de casa de forma agressiva, diante da presença da PM. Por causa da resistência à prisão, os policiais militares precisaram algemar o suspeito, antes de levá-lo à 16ª Delegacia de Polícia. Para se defender, o marido afirmou aos policiais que estava cansado de ser traído pela mulher e que possui várias escutas telefônicas para provar o comportamento da companheira.

Comentários (12)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. CURIOSO D@ NET disse:29/04/12 20:43

    ACHO MELHOR EU IR DEITAR AGORA,SENÃO ……….?

    Responder
  2. André Luís de Araújo disse:29/04/12 20:46

    Hoje o sujeito pode pedir divórcio quantas vezes quiser. Nem a separação existe mais para atrapalhar.
    Não entendo o que segura esses casamentos falidos?
    Certamente esse indivíduo não ficará preso (sairá sob fiança do delegado). Se fosse ele, iria direto da delegacia para a zona, refrescar a cabeça. Nada melhor do que uma “noitada” para um cidadão em desespero.

    Responder
  3. Hermes disse:29/04/12 23:17

    Baixaria hein….

    Responder
  4. Justiceiro disse:30/04/12 7:30

    Nossa ele gostava de ser traido, kkkkkk

    Responder
  5. ÂNGELO AMÉRICO ZANON disse:30/04/12 8:52

    ÊSTE É O QUE PODEMOS CHAMAR DE O AUTÊNTICO C O R N O NERVOSO KKKKKK…..

    Responder
  6. brasil@thiago brasil disse:30/04/12 8:57

    GALERA VEJA O SITE E COMENTE O CERTO E O ERRADO:>
    http://www.flogao.com.br/leilasantana/profile

    Responder
  7. gustavo santos disse:30/04/12 9:37

    Ela chama-lo de viado, não é atentado a moral dele?
    Ela pode ser abusada?
    Esse truque de mulher chamar homem de viado para que eles transem com elas, não é novo.
    aliás, essa estratégia tem garantido que elas tenham muitos sem que na verdade eles as queiram.
    Conheço um monte.
    Mas atingir, arranhar, jogar na lama a moral do outro pode!
    Sim porque é jogar na lama chamar um homem de viado numa sociedade como a nossa, que de moderna só tem casca.

    Responder
  8. Rafael disse:30/04/12 10:02

    kkkkkk… baixaria no bairro nobre.

    Responder
  9. brasil@thiago brasil disse:30/04/12 10:05

    uma discussão na casa onde moram, na rua Padre Anchieta, no bairro Tabajaras, no setor central de Uberlândia no bairro tabajaras as ruas tem somente nome de poeta.ERRO grosso.kkkkk

    Responder
  10. udi disse:30/04/12 10:25

    vei,
    você tinha que provar para a patroa que é cabra macho!!!

    Responder
  11. Marcelo disse:30/04/12 11:41

    Duvido que ela queria dar para ele. Certamente só queria que o cara deixasse o computador por mero capricho. Se o sujeito tivesse ido cedo para a cama para e fosse para o lado dela teria a desculpa da dor de cabeça. Depois ainda vem essa lei escrota com nome de mulher para proteger essas artimanhas. Os homens tão no sal mesmo.

    Responder
  12. manno disse:30/04/12 12:49

    Eu acho que ele tava vendo algo melhor na net…kkkk

    Responder