Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Homem tem o braço arrancado em Araguari

Um trabalhador rural de 44 anos teve o braço arrancado por um carro na manhã deste domingo (6) na BR-050, em Araguari. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o homem estava indo para o trabalhado em uma bicicleta, quando um carro de cor branca o atropelou e arrancou o braço. A vítima foi socorrida e encaminhada ao Pronto-Socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (PS/HC/UFU), onde precisou passar por uma cirurgia.

Os bombeiros tentaram encontrar o braço da vítima, mas acharam apenas uma parte da blusa que ele usava no momento do acidente. Mais tarde, o carro que causou o acidente foi localizado em um bairro da cidade. No veículo, os policias encontram o braço do homem preso à roda.

O motorista do veículo não foi localizado pela polícia.

Comentários

24 respostas para “Homem tem o braço arrancado em Araguari”

  1. Precisam de leis mais eficazes no sentido de inibir motoristas que não prestam socorro. Agora infelizmente devido a essa irresponsabilidade desse motorista, o trabalhador perderu o braço definitivamente, dado que não houve tempo hábil. Isso aínda é Brasil.

  2. tem que pegar o braço do motorista e arrancar tbem seria uma solução logica para o caso ne se ele nao quiser o motorista o braço arrancado podemos ver todos os dedos da mao ou do pe ai resolve elas por elas nao e verdade

  3. GENTE EU TENHO O VÍDEO DESTE ACIDENTE NA HORA QUE O CARA AINDA ESTA AGONIZANDO DE DOR! se alguem quiser assistir o momento em que ele esta caido a margem da rodovia sem o braço acordado e tonto devido ao atropelamento me avisem!
    o video é muito forte! aviso logo!

  4. GENTE EU TENHO O VÍDEO DESTE ACIDENTE NA HORA QUE O CARA AINDA ESTA AGONIZANDO DE DOR! se alguem quiser assistir o momento em que ele esta caido a margem da rodovia sem o braço acordado e tonto devido ao atropelamento me avisem!
    o video é muito forte! aviso logo

Deixe uma resposta


+ nove = 17

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.