Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

31/08/2011 22:54

Imprevistos marcam entrega da comenda Augusto César

Solenidade aconteceu na noite desta quarta-feira no Plenário da Câmara de Uberlândia

A solenidade de entrega da comenda Augusto César, na noite desta quarta-feira (31) no Plenário da Câmara de Uberlândia, foi marcada por imprevistos que chegaram a interromper a sessão solene por duas vezes seguidas.

Um dos presentes que ocupava a parte de cima das galerias gritou palavras de protesto na direção das autoridades que estavam à mesa. Ao perceber a presença de seguranças, o manifestante ameaçou pular da galeria, foi contido e se agarrou no corrimão superior. Um dos suportes da estrutura se soltou e caiu em cima de um convidado que estava sentado na parte de baixo, nas laterais do plenário. A esfera metálica esbarrou no ombro do convidado, que não se feriu.

Minutos depois, a sessão foi novamente interrompida, desta vez devido à falta de energia em função de um problema num dos transformadores próximos ao prédio da Câmara. A luz retornou no minuto seguinte, com a ativação do gerador. O breve apagão, no entanto, deixou muitos convidados apreensivos diante da manifestação ocorrida antes.

O manifestante, identificado como Gustavo Menezes, cobrava reivindicações que não teriam sido atendidas pela prefeitura e também por clube da cidade. Menezes é ligado a um grupo que joga hóquei e cobrava estrutura para a prática do esporte na cidade. Segundo alguns vereadores, não é a primeira vez que ele faz protestos no Legislativo Municipal. O manifestante também foi candidato a deputado estadual em 2010 pelo PRTB local.

Padre discursa em nome dos homenageados

Os imprevistos foram superados com fé e bom humor. O padre Fábio Marinho, que discursou em nome dos homenageados, disse que a sessão foi, provavelmente, “a mais descontraída” dos últimos 30 anos. E lembrou que, antes de uma Casa de leis, a Câmara é uma casa do povo. “E vocês [vereadores] estão aqui para dar voz a este mesmo povo”, disse.

Ao falar para os novos comendadores, padre Fábio Marinho disse que a homenagem deve ser “para além das vaidades pessoais e orgulho”, um motivo de incentivo para ajudar a levar uma proposta de contribuir com o crescimento “sadio, justo e correto da nossa cidade”.

O padre foi um dos três religiosos na lista dos 24 homenageados deste ano com a maior honraria do município, entregue na data do aniversário de Uberlândia.

Ao encerrar a sessão solene, o presidente da Câmara, vereador Vilmar Resende, citou que “tudo o que aconteceu aqui hoje não foi por acaso”. Segundo Vilmar, o gerador da Câmara foi instalado há dez dias e observou que, se não fosse o equipamento, a sessão teria sido encerrada pela metade.

Ao final da solenidade, o presidente da Câmara pediu que todos rezassem um “Pai Nosso” em agradecimento ao desfecho dos imprevistos.

Comentários (7)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. FERNANDA GOMES disse:01/09/11 8:23

    ENQUANTO OS VEREADORES ESTÃO GASTANTO O DINHEIRO DA POPULAÇÃO ENTREGANDO COMENDAS PARA OS PUXAS SACOS DA CIDADE A POPULAÇÃO ESTA SEM ASFALTO SEM ESCOLAS MAIS PARA O NOBRES VEREADORES O QUE VALE DE VERDADE SOMENTE O SALARIO DE VEREADOR MAIS AS PROPINAS RECEBIDAS ,SOU FERNANDA GOMES FUNDADORA DA ONG CARTA DA TERRA

    Responder
  2. Mário Borges disse:01/09/11 10:44

    Porque não ofereceram uma medalha ao Padre Filomeno Popiti ? Ele esta atualmente em Uberaba , na grande Uberlândia, seria um homenagem ao grande missionário que foi transferido para a nossa visinha cidade.

    Responder
  3. buto de raiva disse:01/09/11 11:51

    “Para além das vaidades pessoais e orgulho”, um motivo de incentivo para ajudar a levar uma proposta de contribuir com o
    crescimento “sadio, justo e correto da nossa cidade”. Bonitas palavras padre Fábio Marinho, mas infelizmente não é isto que acontece. A começar pelos nossos políticos…

    Responder
  4. alunaunitri disse:01/09/11 12:23

    Só rezando mesmo!!!!!Queria um estado laico!!!

    Responder
  5. SOLANGE disse:01/09/11 12:29

    PARABENS A ESTE MOÇO QUE AINDA QUE SOLITÁRIO DA A ESTA CASA O VERDADEIRO PAPEL Á ELA CONFIADA, LUGAR DO POVO , PARA O POVO

    Responder
  6. alceu disse:01/09/11 12:33

    nossa perdi essa comédia

    Responder
  7. LAURA:) disse:01/09/11 12:45

    E O MEU COMENTARIO??

    Responder