Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Itamar Franco é internado em São Paulo com leucemia

Doença foi descoberta durante exames de rotina

O senador e ex-presidente da República Itamar Franco (PPS-MG) está internado para tratar de uma leucemia no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo informações da assessoria do senador, Itamar Franco procurou o hospital no dia 21, com sintomas de uma forte gripe. Durante exames de rotina, os médicos descobriram a leucemia em estágio inicial.

O ex-presidente deverá permanecer licenciado do Senado pelos próximos 30 dias. A vaga dele não será ocupada pelo suplente porque o regimento interno da casa só prevê a substituição a partir de 120 dias de afastamento.

O senador Itamar Franco tem 81 anos e, além de presidente da República, cargo que assumiu após o impeachment de Fernando Collor, foi governador de Minas Gerais e embaixador do Brasil na Itália e em Portugal. O político mineiro voltou ao Senado na atual legislatura.

Comentários

5 respostas para “Itamar Franco é internado em São Paulo com leucemia”

  1. SÓ UMA DÚVIDA SERA QUE ELE ESTA INTERNADO PELO “SUS”,OU PELOS PRIVILÉGIOS QUE NÓS PAGAMOS PARA ESTES VERMES. MORRAAAAAAAAAAAAAA, MAIS RAPIDO PARA A CONTA FICAR MAIS BARATA PARA NÓS.

  2. Querido roberto muito cuidado com o que deseja para as pessoas pois pode voltar p vc. As palavras tem poder…
    Que Deus te de forças para lutar e vencer essa doença.

  3. Quem sabe agora não aumentam as campanhas para doação de sangue, órgãos e medula.

    Somente em horas como essa que a classe política entende a importância da educação, em vários âmbitos, no país.

    Pimenta no olho do outro é refresco.

    Que o Grande Pai dê a ele o que ele merece. É o que peço que me desejem.

    Xadem

Deixe uma resposta


+ nove = 10

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.