Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Ônibus é assaltado na BR-050, entre Uberlândia e Uberaba

Um ônibus foi assaltado na madrugada desta quarta-feira (16) na BR-050 entre Uberaba e Uberlândia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo saiu de Brasília (DF) para Ribeirão Preto (SP) quando um carro de cor branca alinhou com o ônibus e um homem armado ordenou que o motorista parasse.

Quatro homens encapuzados e armados com revólveres e pistolas entraram no ônibus e obrigaram o motorista a conduzi-lo para uma estrada vicinal que dá acesso à Floresta do Lobo, onde roubaram diversos objetos dos 22 passageiros. Eles fugiram e não foram localizados.

Comentários

17 respostas para “Ônibus é assaltado na BR-050, entre Uberlândia e Uberaba”

  1. Dias atrás prenderam um bandido com o carro que estava sendo utilizado nos roubos e soltaram o cara ?#$@%%¨&¨**&…..agora toda semana os caras estão realizando assaltos e a polícia não resolve nada, tá difícil viver um Udi, estão acabando com a cidade. Tem que meter bala nesta turma.

  2. SUGIRO QUE A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL MUDE O POSTO DE FISCALIZAÇÃO PARA AS IMEDIAÇÕES DA FLORESTA DO LOBO.
    SO ELES QUE NÃO SABEM QUE OS ASSALTOS A ONIBUS ACONTECEM LÁ.
    CADÊ A INSPETORA QUE GOSTA DE APARECER NA TELEVISÃO.

  3. Ridículo este tipo de notícia… É tão recorrente e corriqueira q o Jornal deveria deixar a notícia estampada na capa todos os dias… Virou piada… a polícia de Uberlândia (militar, civil, rodoviária, etc…) estão de brincadeira né?? Não conseguem resolver este tipo de crime que já virou rotina??? Onde estão os comandantes destas corporações??? Estão esquentando a cadeira no escritório??? Polícia que presta está na rua e não sentada nas mesas das delegacias

  4. Discordo.

    A ineficiência de policiamento da citada rodovia deve ser atribuída somente à PRF.

    Ela não larga o osso. Mas não larga mesmo.

    Ela quer açabancar tudo. Mesmo não tendo a mínima condição.

    Se admitisse sua falência a PMMG, via sua Polícia Roviária Estadual, poderia muito bem assumir o policiamento de todas as rodovias federais da região como era feito antigamente.

    Pergunta aos bandidos se eles tem medo ou respeito da PRF.

    Depois perguntam paras as mesmas pessoas se eles tem medo e respeito da PMMG/PRE.

    Em seguida façam o cotejo das respostas e depois vamos conversar, tá!!!

    Compare a estatística de roubo nos trechos de rodovias policiadas pela PMMG/PRE com as rodovias federais e verão onde está a diferença.

    Duvido de que os bandidos não priorizem para os seus atos criminosos os trechos “policiados” pela PRF.

    Nos trechos policiados pela PMMG/PRE eles sabem que encontrar policiais de verdade e não mauricinhos.

  5. Estão cobertos e abrigados dentros dos Postos.

    Quem mandou os deputados federais e senadores ressuscitar a PRF e dar-lhes a exclusividade de policiar rodovias fedrais. retirando delas a PMMG/PRE.

    Antes, quando a PMMG/PRE atuava nas rodovias federais da região do triãngulo, não se via este tanto de roubos.

    Agora, diante de tal situação, sugiro ao povo de Uberlândia que cobrem dos parlamentares o retorno da rodovias federais para jurisdição da PMMG/PRE.

    Aí, se isto acontecer podem dormir tranquilos que a bandidagem irá tremer e procurar outros locais para “atuarem”.

    Eu garanto.

  6. Caramba! raramente leio este jornal e quando resolvo ler…vejo este título, assalto na br050…tô fora, vou ler mais não…kkkkkkkkkkk

  7. Caro Airton, entendo seu ponto de vista. Aliás, não há um posto da PRF na BR-050 na saída de Uberlândia. Contudo, a população não quer saber das intrigas q existem entre os policiais civis, militares, rodoviários (federais ou estaduais), florestais, blá, blá, blá…. QUEREMOS UMA SOLUÇÂO. Que os policiais saiam para as ruas/rodovias e resolvam o problema. Se a PMMG/PRE é tão boa assim como vc e as estatísticas estão anunciando, que eles corram atrás para assumir o policiamento destas rodovias. O que não dá é a população pagar o preço e os bandidos fazerem deste tipo de assalto uma rotina.

  8. Sr Henrique, ao contrário de sua afirmação, existe sim, dois Postos Fixos da PRF na rodovia BR-050, entre Uberlândia – Uberaba, sendo uma saída (balança) e outro na chegada daquela cidade. Só que ambos estão abandonados.

    Posso lhe garantir, pelo que conheço de ambas,que não existem intrigas entre as polícias. Até porque isto não seria possível. Pois, uma é o exército de Minas Gerais (PMMG), muito mais forte em tudo, não duvides, ela é nossa bicentenária milícia de Tiradentes. Patrimônio do povo mineiro. E as outras???

    Com relação a PMMG/PRE assumir as rodovias federais da região, a questão não é tão simples assim.

    Para tanto seria necessário alterar o artigo 144 da CF.

    Pois, todos sabem que a PRF em 1988 por ocasião da Constituinte fizeram um verdadeiro lobby junto aos constituintes e conseguiram se ressuscitarem, uma vez que estavam extintos pelo Decreto 667, enquanto as PMs do Brasil dormiam.

    Naquela ocasião as rodovias federais da região eram policiadas pela PMMG/PRE e bandidos não tinham vez. Roubos eram raros, e, quando aconteciam a resposta da Polícia era rápida e os meliantes presos.

    Faça uma enquete entre os caminhoneiros e verás o resultado. Depois conversaremos.

    Portanto, para que a PMMG/PRE volte para as rodovias fedeais é necessários a intervenção dos nossos parlamentares para mudar o artigo 144 da CF, apenas isto.

    A população de Uberlândia, a meu sentir, deveria pressionar os deputados da região para fazer a tal alteração na CF.

    Aí sim, a nossa PMMG/PRE poderia voltar a policiar as rodovias federais da região.

    Para tua informação, sugiro que verifique a estatística da PMMG/PRE nos trechos que cortam o triângulo mineiro sobre crimes de roubo. Te garanto que é quase zero. Com a diferença de que os meliantes foram presos.

    O que não ocorre quando os roubos ocorrem nas rodovias federais policiadas pela PRF.

    Ou estou mentindo???

    Querem uma solução, de verdade, passe a jurisdição das rodovias federais para a PMMG/PRE que o problema de roubos está resolvido. Pois, ela está articulada com as outras polícis ligadas a ela, quais sejam: COPOM-190; ROTAM; POLÍCIA AMBIENTAL; TRÂNSITO URBANO; GATE; POLICAMENTO AÉREO E BOMBEIROS QUE SE INTERLIA A ELA VIA RÁDIO.

    Acrescentando-se ainda os policiais militares das cidades adjacentes a Uberlândia que estão interligados via rádio que opera na mesma frequencia.

    Logo, por tais razões a resposta aos eventos criminosos será muita mais rápida do que a da PRF que trabalha isoladamente e sem articulação com os demais órgãos de segurança pública. Aqui está o X da questão onde a PRF não faz frente aos eventos criminosos ocorridos em sua malha rodovia.

    Com a palavra a sociedade Uberlandense.

    Agora, se querem uma verdadeira segurança em nossas rodovias federais da região, coloque nelas a PMMG/PRE nos moldes que era antigamente, até o ano de 1990, quando os trechos federais foram graciosamente entregues a PRF que até hoje não disse a que veio.

    ela tem muita alegoria e pouco samba enrredo.

    A sociedade e os parlamentares são os verdadeiros responsáveis pelo que vem acontencendo, posto que foram eles que tiraram a PMMG/PRE das rodovias federais e entregaram para a PRF.

  9. ATE QUANDO VAMOS VIVER NESTA SITUAÇÃO?,O ONIBUS DA MESMa empresa foi assaltado 4x, motorista e passageiros ficaram machucados. Cade nosso direito de ir e vir.

Deixe uma resposta


2 + três =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.