Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Policiais militares são suspeitos de envolvimento em morte de jovem em Ituiutaba

A Corregedoria da Polícia Militar investiga onze policiais militares de Ituiutaba, 139 quilômetros de Uberlândia. Eles são suspeitos de terem envolvimento na morte do jovem Robson Vicente Souza Silva, 19 anos. O crime foi na madrugada de domingo.
Segundo testemunhas, os dois soldados foram até a casa do jovem e dispararam várias vezes, enquanto Robson Silva tentava sair de casa com a esposa.

Os soldados dispararam várias vezes e o jovem morreu na hora. Minutos depois uma viatura com dois policiais que passava pelo local, viram os dois homens fugindo na moto, desceram da viatura e atiraram três vezes. Os dois soldados foram atingidos pelos disparos e caíram da moto metros da casa do jovem.

Um tenente, conforme informações preliminares, é investigado suspeito de ter mandado os soldados cometerem o crime. Os dois policias baleados estão internados em um hospital não informado e estão sob escolta da Polícia Militar.

Em nota, a Polícia Militar não deu detalhes do crime e informou que os militares encontram-se a disposição da Justiça Militar de Minas Gerais para adoção das providências cabíveis.

Comentários

17 respostas para “Policiais militares são suspeitos de envolvimento em morte de jovem em Ituiutaba”

  1. Gostaria de saber onde está a imparcialidade dos jornalistas do jornal. Falaram dos PM’s, mas falar que o cara que morreu era matador de aluguel, que estava ameaçando o tenente, que a familia dele(BUENO) são ladrões de banco que agem no nordeste isso ngm fala né? E NÃO CENSUREM MEU COMENTARIO

  2. ESSE(ROBINHO) ERA MUITO COVARDE
    MORREU PQ MERECEU QUALQUER COISINHA
    ELE ARASTAVA ARMA PARA AS PESSOAS QUANTAS FAMILÍAS ELE JA FEZ SOFRER ELE NÃO TINHA CORAÇÃO APENAS MENOS UM.

  3. Porque sera que os nomes desses policiais MILITARES não foi mencionado, não vamos usar dois pesos e duas medidas, ou sera que existe algum crime mais RELEVANTE que o HOMICÍDIO, talvez a concussão para nossa sociedade seja mais grave.

  4. OS POLICIAIS MILITARES SAO OS DOIS MEUS AMIGOS EU ACHO QUE ELES FIZERAO MUITO SERTO EN TER MATADO ESSE BANDIDO MAIS AS LEIS DO NOSSO PAIS NAO PERMITE NE EU NA MINHA OPINIAO ELES NAO PODIAM SER DETIDOS NAO TINHAO QUE ESTAR SOUTO MAIS PARA OUTRA CIDADE. (MEUS AMIGOS ESTOU DO LADO DE VOCES COMTEM COM MIGO UM FORTE ABRAÇO!)

  5. Ituiutabanos acredito que devemos analisar os fatos ocorridos atráves da seguinte ótica: se o Senhor Robson era bandido, porque os crimes imputados a ele não foram investigados? Se assim tivesse sido feito, possivelmente essa tragédia não teria ocorridom tanto na vida de todos os policiais envolvidos, como na família do jovem Robson e principalmente manchando a credibilidade da polícia militar de minas gerais. Nesse momento, não adianta qualquer pessoa alegar que o Senhor Robson era bandido, que matou fulano ou beltrano, o que deve ser feito e as instituições desempenharem seu papel de forma idônea, transparente e honesta, investigando, fazendo o trabalho ostensivo, denun, poisciando e julgando.

  6. Outra situação dígna de nota, é que existem vários Pms dando crédito, endossando o ato praticado pelos seus companheiros, dizendo entre outros comentários que “foi feito um limpa na cidade”. Acredito, que tais comentários não devem ser levados adiante e que devem ser evitados a todo custo, pois, imaginem só se a moda pega, todos vão querer fazer justiça com as próprias mãos sempre que determinada pessoa merece ser executada porque não é dígna de conviver meio a sociedade. Os policiais militares, tem função de manter a segurança pública e não de praticar homicídios, execuções, não pode uma instituição que tem o dever de proteger ser taxada de esquadrão de extermínio…cada coisa no seu lugar…se o Tenente Parreira estava sendo ameaçado, deveria ter tomado as providencias cabíveis…importante salientar…que sempre o via como um policial amigo da sociedade e espero que tudo que vem sendo dito não passe de burburinhos… de qualquer forma a instituição polícia militar deve zelar pelo seu bom nome e pelo seu papel junto a sociedade ituiutabana. NO PRESENTE CASO A MÍDIA DEVERÁ TAMBÉM EXECUTAR SEU PAPEL, ACOMPANHANDO O DESENROLAR DESSE CASO, PARA QUE NÃO SEJA ABERTO NENHUM OUTRO PRECENTE COM ESSE FATO. QUE ESSE CASO SEJA CONSIDERADO UM ATO ISOLADO E QUE SEJAM PUNIDOS TODOS OS SEUS ENVOLVIDOS, DEVENDO OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DAR A TRANSPARENCIA QUE A SITUAÇÃO REQUER. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA JÁ.

  7. e isso ai fogo em todos os bandidos ai eles revidam acontece q nem sao paulo ataques pra tudo qanto e lado e ficam com o cu na mao. cada acao uma reacao e nao podemos pensar assim consertar um crime com outro cabem os orgaos competentes dar exemplo de justica jugar e punir doe a qem doer

  8. Esse Robin foi tarde!!! Covarde, quantas mães ele não fez chorar e sofrer. Aos policiais PARABÈNS pelo limpa.
    Deus já os perdoou, viu?
    Fiquem c Deus.

Deixe uma resposta


seis − 5 =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.