Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

População é reestimada em quase 612 mil habitantes

Crescimento estimado da cidade é maior que o de Minas Gerais, com 0,66%, e o do Brasil, que, segundo o IBGE, foi de 0,85%

Uberlândia ganhou 7.890 novos habitantes no último ano. A estimativa divulgada, anteontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o município cresceu 1,3%, em relação aos dados divulgados pelo Censo 2010, e agora conta com 611.903 moradores. O crescimento estimado é maior que o de Minas Gerais (0,66%) e do Brasil (0,85%), no mesmo período. A população apontada, com base no dia 1º de julho, mantém a cidade entre os 15 municípios mais populosos do Brasil, exceto as capitais, ocupando a 12ª posição, atrás de Ribeirão Preto (SP), com 612.339 habitantes, e à frente de Contagem (MG), com 608.714 moradores.

Os dados do IBGE foram estimados a partir de um método de tendência de crescimento que leva em consideração a evolução populacional dos 5.565 municípios brasileiros no período entre os Censos 2000 e 2010. “Verificamos qual a participação cada município tem no crescimento dos estados e seguimos a tendência de crescimento ou queda populacional apurada nos últimos dez anos”, disse Luciene Longo, geógrafa do IBGE.

Para Beatriz Ribeiro Soares, professora e doutora em Geografia Urbana da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), desde 1970, Uberlândia vive uma tendência de crescimento que deve continuar constante.

De acordo com a especialista, Uberlândia se tornou uma das principais opções para quem quer um ritmo de cidade grande com a qualidade de vida das cidades médias. “O município tem uma ótima estrutura e atrativos capazes de suprir as necessidades profissionais e de entretenimento. Aliado a isso, ainda é possível ter um baixo custo de vida e tranquilidade para a vida em família”, afirmou Soares.

Cidades terão 20 dias para contestar dados do IBGE

As estimativas populacionais feitas pelo IBGE, a cada ano, é um dos parâmetros usados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) na distribuição do Fundo de Participação dos Municípios. A divulgação obedece à lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, e ao artigo 102 da lei nº 8.443, de 16 de julho de 1992.

A lei determina que a distribuição de recursos aos municípios siga uma tabela que aumenta o repasse, à medida que cresce a população de cada cidade. Uberlândia com 611.903 habitantes está na penúltima faixa para recebimento de recursos, destinada para municípios com mais de 156.216 habitantes. A última faixa é exclusiva para capitais, que obrigatoriamente recebem 10% mais que os municípios do interior.

Por esse motivo, muitos municípios menores questionam os dados do IBGE, já que podem aumentar a arrecadação com o aumento da população. Neste ano, as cidades terão 20 dias para apresentar contestação ao IBGE.

Mesmo sem a possibilidade de receber um repasse maior, a população de Uberlândia estimada pelo IBGE é questionada pelo prefeito Odelmo Leão. “Temos dados de fornecimento de água de dezembro do ano passado que apontam que a cidade tem mais de 800 mil habitantes. Os dados do IBGE não condizem com a nossa realidade”, disse.

CENSO

Brasil
2010 – 190.755.799 habitantes
2011 – 192.376.496 habitantes
Crescimento de 0,85%

Minas Gerais
2010 – 19.597.330 habitantes
2011 – 19.728.252 habitantes
Crescimento de 0,66%

Uberlândia
2010 – 604.013 habitantes
2011 – 611.903 habitantes
Crescimento de 1,3%

Comentários

18 respostas para “População é reestimada em quase 612 mil habitantes”

  1. Dados de fornecimento de água não é uma informação confiável, já que a cidade possui indústrias que utilizam grandes quantidades de água. O Odelmo viajou dessa vez, vergonha alheia querer usar dados de consumo de água para contar a população.

  2. Concordo com o Prefeito Odelmo,a população de Uberlândia estimada pelo IBGE é questionada pelo prefeito Odelmo Leão. “Temos dados de fornecimento de água de dezembro do ano passado que apontam que a cidade tem mais de 800 mil habitantes. Os dados do IBGE não condizem com a nossa realidade”, disse. Para o meu intendimento Os dados do IBGE faltam com a verdade e o trabalho realizado na cidade eles não visitaram todas as residências. Eu não fui visitado e tenho certeza que varios outros não foram.

  3. O IBGE perdeu muito a qualidade de confiabilidade. Temos aqui um exemplo típico. Uberândia, apesar de eu gostar bastante, não tem mais de 600 mil habitantes é claro e nítido este fato. Infelizmente as pessoas tbm acham que crescimento populacional é desenvolvimento. Triste!

  4. Nada como mão-de-obra barata para salarios miseráveis. A cidade crescer não significa qualidade de vida para a população, ao contrário aumenta a criminalidade e outros problemas relacionados a infra-estrutura. O governo local devia se preocupar em atender as necesidades da população e não em inflar seu número para receber mais repasses em verbas.

  5. Tem de ser muito desavisado para comemorar esse fato. Todos os países subdesenvolvidos têm altas taxas de crescimento populacional… Na Europa, há países em que a população decresce ano a ano. Nos EUA a taxa de crescimento populacional é muito menor do que a do Brasil. A população do Japão permanece praticamente a mesma que era na década de 70.
    No Brasil, São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Porto Alegre, as quatro maiores regiões metropolitanas do país, apresentam crescimento populacional menor do que das cidades paupérrimas do Nordeste.

  6. EU TRABALHEI NO CENSO 2010, TENTEI SER O MAIS JUSTO E COPETENTE POSSIVEL, MAS NÃO TEM COMO CONTAR TODA A POPULAÇÃO , EU E OUTROS QUE FIZERAM O CENSO, SABEMOS COMO É DIFICIL, NÃO SEI SE UBERLANDIA POSSUI MAIS DE 800 MIL HABITANTES, MAS UMA COISA EU TENHO CERTEZA, A POPULAÇÃO É SUPERIOR A ESSA DIVULGADA PELO IBGE, PÓREM ACREDITO QUE TODAS OS MUNICIPIOS PASSAM POR ISSO, POR EX, O BRASIL JA PASSOU SIM DA CASA DOS 200 MILHOES, A MELHOR COISA PRA CONTAR A POPULAÇÃO E OBRIGAR TODO CIDADAO A FAZER UM CADASTRO NA INTERNET, COMO FAZIAMOS COM O CPF, QUEM NÃO CADASTRAR, NÃO PODERA FAZER COMPRA COM CARTAO DE CREDITO, PRESTAR CONCURSO PUBLICO, ALGUMA COISA DESDE TIPO.

  7. É óbvio que Uberlândia tem mais de 611 mil habitantes . É só sair nas ruas e verem a quantidade de pessoas , a cidade que começa ter congestionamento etc . Esse senso nem passou pela minha casa então pode colocar mais 6 pessoas nesta lista ai .

  8. Uma correção, Ribeirão Preto (SP) atingiu a marca de 649,5 mil habitantes em 2013, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira (29)

Deixe uma resposta


oito − = 1

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.