Cidade e Região

Notícias de interesse geral de Uberlândia e região.

14/10/2011 8:50

Professor universitário pode ganhar até R$ 11 mil

Repórter

Sinésio Gomide Júnior diz que recomposição salarial a partir de 2003 trouxe ganhos

A associação da atividade de professor com salários baixos não pode ser aplicada para toda a categoria. Na rede pública de ensino superior, docentes com mestrado, especialização, doutorado e pós-doutorado chegam a receber de R$ 4 mil a R$ 11 mil em função de planos de carreira que beneficiam profissionais por tempo de trabalho e boa performance em avaliações de desempenho.

Na rede particular de ensino superior, professores doutores chegam a receber R$ 35 por hora-aula mais adicionais relacionados a atividades de pesquisa e consultorias. Para os profissionais, porém, a remuneração continua inadequada com o nível de responsabilidade e exigências da função.

Na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), o salário é calculado de acordo com o valor base de R$ 557,21, o tipo de jornada de trabalho (de 20h, 40h ou dedicação exclusiva) e com os cinco níveis de classificação de professores, segundo o pró-reitor de Recursos Humanos da instituição, Sinésio Gomide Júnior. “Dentro de cada classe, o professor leva oito anos da base para o topo”, afirmou.

Dos 1.618 docentes em atividade na UFU, 66,7% são doutores e trabalham com dedicação exclusiva, recebendo inicialmente R$ 7,3 mil e podendo chegar ao teto de R$ 11,7 mil, mais o tíquete-refeição de R$ 304 e gratificações variáveis, como o anuênio por tempo de serviço. O pró-reitor afirma que as condições melhoraram nos últimos anos. “Houve período difícil para professores universitários, mas, a partir de 2003, houve uma recomposição salarial que trouxe ganhos significativos. Existem também negociações para buscar incrementos”, disse.

Doutorando

O professor da área de Direito Empresarial Ricardo Pleti dá aulas como mestre na UFU desde 2009 e está fazendo doutorado, com o que espera aumentar o salário em 60%, saindo de cerca de R$ 4 mil para R$ 7 mil. Ele também dá aulas de especialização, que incrementam o valor até 30%, e aposta em consultorias e publicação de livros, o que é permitido no decreto da dedicação exclusiva. “É um incentivo a mais, mas, quando se compara, há outros cargos administrativos em que já se começa ganhando esse valor, sem titulação nenhuma”, afirmou.

Professores buscam alternativas

Na rede particular, o valor da hora-aula é determinado de acordo com negociações do sindicato patronal e sindicato dos trabalhadores e varia em cada instituição. Segundo uma professora doutora de faculdade particular da cidade que preferiu não se identificar, o valor bruto da hora-aula é de R$ 35. Ela faz 4 horas-aula por semana, 10 horas como pesquisadora e recebe adicional por ser avaliadora do MEC. “É preciso buscar alternativas para ter uma remuneração decente”, disse.

Já o professor Yuri Augustos dá aulas de redação e literatura para ensino médio e cursos pré-vestibulares na rede particular desde 2001. Ele possui pós-graduação na área e, para conseguir começar o mestrado, no ano passado, e buscar melhorar o salário, teve que reduzir a quantidade de aulas dadas por semana. Para isso, começou a dar aulas em três escolas fora de Uberlândia. “Trabalhava 50 horas-aula para ganhar em torno de R$ 5 mil.

Agora com um ou dois dias de viagem consigo receber o dobro”, disse. O valor da hora-aula chega a R$ 15. Para ele, o piso salarial do Triângulo Mineiro precisa ser revisto. “O nosso piso é comparável ao do Norte de Minas, e não ao da capital. Há uma grande discrepância”, disse.

Comentários (36)

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

 

  1. Bruno Siqueira disse:14/10/11 9:17

    Acorda autoridade, vamos fazer valer o cargo o qual a população concedeu a vcs na epoca da eleição. Cade os politicos nessahora? Em epoca de eleição eles aparecem fazem mil promessas? Qual politico ja cumpriu com todas suas promessas feitas a população? Se existe algum por favor me apontem o mesmo para parabeniza-lo. Sera que nao vai existir politicos mais humanos com a sociedade nao? Problemas o país esta cheio mais cade as soluçoes?… que nunca aparecem!

    Responder
  2. messias disse:14/10/11 9:59

    Só algumas correções:
    1 – Os valores informados pelo Prof Sinésio são valores brutos. Ainda incidem descontos de imposto de renda (~30%) e previdência(~11%);
    2 – Pós doutorado não é titulação e portanto não aumenta salário;
    3 – Iniciando a carreira com nível de doutorado (nível adjunto 1) só se alcança o salário máximo,11 mil bruto, com no mínimo 16 anos de docência (lembrando que durante o período a inflação vai diminuindo o poder de compra do salário).

    Responder
    • Justus Broadcasting disse:07/04/12 11:16

      Que reportagem mais mentirosa e baseada em fatos folclóricos.
      É claro que o “professor DR. escambal a quatro” é da turma que comanda a UFU, que é da turma do companheiro vice prefeito de uberlândia e somente os apaniguados chegam ao topo, lógico que por motivos políticos… Salário base de R$557,21… Mais tiket de 304,00 (Na Caixa é de 809,00)olha a discrepância… Tá parecendo os salários da educação da Prefeitura de Uberlândia. É por isso que os alunos entram sem saber nada, e saem sabendo menos ainda… No curso de economia onde meu filho estuda, tem professor que não fala o idioma nacional, professor que nunca apareceu por lá, professor que não sabe a didática do ensino e tinha até pouco tempo professor auto didata… vê se pode. No direito existem amigos do meu filho que passaram com média de 90% de aproveitamento, mas foram barrados por que o professor que nunca fez chamada, a bel prazer achou que os mesmos não tinham 60% de presença… Advinhem quem foi pejudicado… O aluno é lógico! Por isto que os cursos da UFU começam com 50 alunos em média e terminam com 10 nesta instituição que em vez de privilegiar e incentivar os iniciantes… Só faz tirar-lhes a motivação, por se acharem elite pensante deste país, miserável na moral, nos costumes e na educação. É pena que somente meia dúzia de pessoas conseguem ler estes comentários e a reportagem do jornal passeia pela região formando e construíndo uma opinião errada a respeito do fato… Que se não é um professor lá de dentro ter a coragem de comentar… Como o Sr. Messias, vão se construíndo as mentiras históricas deste país. Está próximo o dia em que os Jornais chegarão aos leitores por mini tablets, telefones celulares e outros penduricalhos da informática, aí eu quero ver. Mentiras On Line, respostas On Line… Enquanto a gente lê a notícia os comentários vem chegando pelo bem ou pelo mal… Políticos aguardem, a mídia já vinha fazendo um papel maravilhoso para mostrar quem vocês são… A infomática vai fazer o resto. Parabéns ao Messias que não teve receios de desfalar o que falou o poderoso Professor DR. acima. Um bom professor vale muito mais do que este salário… Em contrapartida é preciso aparecer nos Campus e dar aula, simples assim!

      Responder
  3. Severo Gomes disse:14/10/11 10:10

    O grande dilema brasileiro: não valorizar o professor de educação básica, fundamental para que um país se torne nação. É por isso que somos medalha de ouro em mortes no trânsito, a bala, no uso indiscriminado de entorpecentes, na corrupção. Analfabetos cursando faculdade.Que país é esse???

    Responder
  4. Luiz Abdelnur Fernandes disse:14/10/11 10:19

    Prefiro pagar R$ 23.000,00 a um professor universitário com pós-doutorado que a um palhaço que brinca de ser Deputado. Em todos os países desenvolvidos a classe mais bem remunerada da sociedade é a dos professores universitários.

    Responder
    • Lurana Glória Guimarães disse:14/10/11 20:11

      Luiz, pior que deputado q ganha mais de R$20.000/mês é jogador de futebol ganhar MILHÕES e professor universitário tem que ter no MÍNIMO um mestrado para ganhar R$7.000,00. É uma inversão de valores imensa, não????

      Responder
      • Justus Broadcasting disse:07/04/12 11:26

        Tudo é relativo… Jogador que ganha milhões, movimenta para os meios de comunicação e de consumo outros milhões… Professores gênios e bem treinados também deveriam ganhar milhões… Será que eles movimentariam para o Brasil um ativo intelectual para que pudéssemos avançar com mais pressa na moral, no conhecimento, na política e no caráter… Se tem personalidade do esporte ganhando bem é porque não se interessou em estudar para ser professor doutor, preferiu ganhar a vida com os pés ou com as mãos… Quem nasceu primeiro o ovo ou…

        Responder
  5. André Luís de Araújo disse:14/10/11 10:39

    É ridículo falar que R$ 11.000,00 é bom salário para quem passou a vida estudando e ainda tem que firmar contrato de dedicação exclusiva.
    O sujeito faz graduação, mestrado, doutorado etc…, para ganhar esse salário tido por bem pago.
    Enfim, professor é mal pago em qualquer lugar, seja na pré-escola, seja na universidade.

    Responder
    • marcio disse:14/10/11 13:32

      larga a profissão e vai trabalhar de servente de pedreiro.

      Responder
      • Catarino disse:30/06/12 21:17

        Se você dá conselho assim deve ser porque gosta de aceitá-los também. Tenho um conselho para vc, tente estudar o tanto que um Doutor estuda, se vc conseguir, se for capaz, se tiver competência para passar em prova sem precisar de cotinha… ai vc pode dar seus conselhos para quem quiser quando o assunto é docência superior.

        Responder
        • Sandra disse:18/07/12 16:47

          Parabéns Catarino! Infelizmente o Brasil é constituído por pessoas ignorantes e com valores inversos. Sua resposta foi digna de aplausos.

          Responder
        • André Luís de Araújo disse:02/09/12 10:55

          Para seu governo, o que não me falta é estudo.
          Tenho graduações e pós em diversas áreas do conhecimento.
          Gozo de um invejável curriculum, que contempla não só formação acadêmica, como aprovações em concursos.
          Outrossim, quanto a fazer continhas, vou te dizer uma coisa: sou bom nisso.
          Enfim, seu comentário foi infeliz, Colega.

          Responder
          • André Luís de Araújo disse:02/09/12 11:04

            SENHORES DO JORNAL. FAVOR IGNORAR A RESPOSTA ACIMA. FOI MERO DESCUIDO.

      • Airton Coelho disse:14/07/12 17:56

        Assino em baixo.

        Responder
      • Airton Coelho disse:14/07/12 17:57

        Sr Marcio disse: concordo plenamente.

        Responder
      • cão disse:02/09/12 13:06

        ótima resposta

        Responder
    • carlos disse:14/10/11 16:16

      Exatamente, sem contar que isso é salário bruto depois de 16 anos de carreira. Só no Brasil mesmo.

      Responder
    • Justus Broadcasting disse:07/04/12 16:53

      Mais ridículo é ganha-lo sem dar aula… O que mais acontece dentro da famosa UFU… Em que a gente leva o filho as 19 hs e o mesmo pede para ir buscá-lo na porta do bloco as 21 hs, precisa falar o motivo…

      Responder
      • Jéssica Cristina disse:15/08/12 8:29

        Concordo plenamente,pra quem passou praticamente metade da vida estudando R$11 mil não está digno de se dizer que é um ótimo salário,afinal,tem muito político que tem apenas ensino médio completo e ganha salários absurdo para não fazer nada…ACORDA BRASIL…

        Responder
  6. pedro abelardo disse:14/10/11 18:00

    A matéria é capciosa, torcendo o fio da verdade a título de sei lá qual interesse. Professores com 11 mil por mês são funcionários públicos titulados com mais de 15 anos de concurso. São minoria no corpo docente público federal. A grande maioria é de professores substitutos, com contratos por prazo determinado e não ganham 2 mil reais por mês. Fora da esfera federal/estadual, os professores ganham “até” 36 reais a hora, pois as escolas/faculdades privadas pagam entre 18 e 25 reais por aula, sem qualquer garantia de emprego pra além de um semestre. No final das contas, ser professor universitário da rede privada é um apenas um subemprego de prestígio, bico entre apaniguados. É uma pena.

    Responder
  7. jr disse:16/02/12 12:32

    vao da aula no estado

    Responder
  8. gustavo santos disse:07/04/12 10:23

    “A associação da atividade de professor com salários baixos não pode ser aplicada para toda a categoria.”
    Realmente, esse topo frasal é muito tendencioso e mal elaborado.
    Existem jornalistas e jornalistas, ainda bem.Mas, no geral, sobretudo no interior, são profundos como um pires.
    Isso também porque muito bem formados na rede privada que parecem enaltecer.
    Professor universitário da rede publica federal esses são sempre mal vistos por tais profundos analistas.
    que lástima. só temos a lamentar.

    Responder
  9. dira disse:07/04/12 10:43

    Esta matéria é velha, do dia 14/10/2011. Por que es´t de volta???Será que é devido ao anúncio de greve dos professores da UFU que a matéia retornou, tentando jogar a opinião pública contra os professores universitários??? Noooossa, como eles ganham bem??? Tão reclamando de barriga cheia!!!!!Tudo armado!!!

    Responder
  10. f lens disse:07/04/12 12:01

    Brasil é isso salario defasado em quase todas as areas a unica area que ganha dinheiro é medicina…. e alguns cursos de engenharia. o resto é resto e em uberlandia salario e pior ainda.

    Responder
    • Joaquim disse:02/05/12 11:46

      Medicina ganha dinheiro quem está localizado em uma boa clínica ou hospital particular. Na rede pública (UAI, etc) o salário é menor mas bem acima da média brasileira. Quanto a engenheiros, não se iluda, o salário não é alto. Sou analista de sistemas formado na UFU, e na minha área o salário na região é muito baixo. Na média geral, o salário de professor universitário, não questionando se vale ou não, ainda é considerado um salário de elite nesse país.

      Responder
  11. Arlindo disse:11/06/12 2:13

    O que acho incrível é que mesmo vendo a verdade das coisas, ou seja, professores ganhando mal e deputados tomando banho de dinheiro, tanto de seus “salários simples” como do próprio dinheiro da corrupção… quando há algum protesto, alguma manifestação contra isso, os que vêem a verdade continuam a ver.. só observar.. não se junta as menorias pra fazer seus diretos valerem a pena… Se tudo não ficasse somente aqui em revoltosos comentários… talvez o Brasil deixaria de ter poucas pessoas nas ruas protestando e começaríamos a ter brasileiros não só QUE NÃO DESISTEM NUNCA mas que lutam para não desistir!!! Enfim… fazer essa frase valer a pena!!

    Responder
  12. Catarino disse:30/06/12 21:15

    Que matéria mais mentirosa. Tá na cara que se trata de um desses apaniguados do PT que ficam ganhando por fora para participar de projetinhos inúteis, falar que 2003 pra cá (leia governo de Lula e sua quadrilha de mensaleiros) houve melhoria, só se for na casa dele! Um professor com Doutorado ganha 7300,00 essa conversa de teto é pra idiota entrar na propaganda política dele.

    Responder
    • Cangerana disse:02/09/12 11:43

      Deve estar com saudade do Fernando Henrique Cardoso. Oito anos sem reajuste salarial1 É isso aí, pede para ele e sua turma voltarem mesmos, aí vocês vão chorar de verdade. ACORDA!

      Responder
  13. Leonardo Castro disse:08/08/12 17:20

    Acho que a questão não deveria ser

    “Se os professores não estão satisfeito com o seu salário, por que não vão fazer outra coisa?”

    e sim

    “O quanto consideramos a profissão de professor importante?”

    O professor realmente merece ter o cargo que recebe menos, em relação aos outros cargos de mesmo nível (ou mais baixo)? E não estou falando só de professor universitário.

    Parece-me que há um certo gosto de vingança por parte de algumas pessoas. “Aquele professor me dava nota ruim, mas hoje eu ganho muito mais que ele!” Acho mesmo que algumas pessoas olham para o salário dos professores com um certo prazer…

    Responder
  14. paulo gouveia disse:02/09/12 10:58

    PROFESSORES MERCENÁRIOS SÓ PENSAM NELES E OS ALUNOS COMO FICAM???????????????????????

    Responder
  15. Aristoteles disse:02/09/12 13:02

    O que é mais importante para um país que almeja o primeiro mundo? Educação Universitária de graça para a classe média ou Educação Básica para todos sem destinção de classe?

    Responder
  16. ucidadao disse:02/09/12 19:17

    gente e essa greve que prejudica a população ng vê não?

    Responder
  17. fut disse:02/09/12 22:23

    Conhecimento da época das cavernas!Bando de parasitas do setor público, vão trabalhar nas PRIVADAS ( ensino e empresas ) e veja se lá dá pra se esconder atrás de títulos sem produção.Aliás nas privadas é que vocês trabalham!vagabundos!outra coisa, muitos estudantes também merecem esses “doutores” pois só interessam mesmo é na folia das cervejadas, PRODUZAM VAGABUNDOS!

    Responder
  18. valner disse:25/10/12 19:51

    ACHO QUE VOU SER PROFESSOR UNIVERSITARIO.ACHAVA QUE ERA MISERIA MAS NAO EH NAO…

    Responder
  19. serge barbier disse:26/12/13 22:57

    Piloto comercial ganha de 10 a 30 mil por mês. ..É uma formação técnica. ..

    Responder
  20. Rodrigo disse:17/02/14 22:00

    Putz, que mixaria. Agora eu descobrir porque esses pseudo intelectuais adoram fazer terrorismo com aluno em vez de ensiná-los. Comecei um mestrado na UFMG e abandonei no primeiro semestre quando descobrir que o único objetivo dos professores era de sentir superiores aos alunos.

    Responder