menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Professor Valder Steffen toma posse como reitor da UFU

O novo reitor da UFU, professor Valder Steffen Júnior, foi empossado no cargo na tarde desta terça-feira (27), na sede do Ministério da Educação (MEC) em Brasília (DF), pelo ministro da pasta José Mendonça Bezerra Filho. Participaram da cerimônia a secretária executiva do MEC, Maria Helena Castro, e o diretor de desenvolvimento da rede de instituições federais de ensino superior do MEC, Mauro Luiz Rabelo.

Em seu discurso de posse, Steffen agradeceu ao apoio da família, dos colegas de profissão e dos estudantes durante sua trajetória acadêmica e na campanha para chegar à Reitoria.

Lembrou também dos desafios da futura gestão, como internacionalização, segurança, Hospital de Clínicas de Uberlândia (HC-UFU) e ocupação do Campus Glória. “Acreditamos firmemente que a UFU pode ter um protagonismo nacional ainda maior. Tudo faremos para garantir o ensino de qualidade em todos os níveis”, afirmou.

O ministro Mendonça Filho disse que era com alegria que empossava o reitor de uma das mais importantes universidades brasileiras.

“O professor Valder Steffen terá uma missão difícil, enfrentando adversidades como qualquer servidor público, ainda mais com a responsabilidade de liderar uma grande instituição no campo da educação, mas pela história dele, tenho certeza de que ‘dará conta do recado’”, afirmou.

Comentários

2 Responses to “Professor Valder Steffen toma posse como reitor da UFU”

  1. Tomara que não não seja frouxo como seu antecessor e deixe os baderneiros, maconheiros e quem não quer estudar fazer da UFU uma zona igual tem sido!

  2. Que não seja conivente com as greves e depredações e nem passe a mão na cabeça dos mimados revolucionários sem revolução movidos a bolsa maconha!

Deixe uma resposta

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.