Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Renovação do licenciamento de veículos é antecipada em dois meses

Taxa de licenciamento anual é de R$66,38

A renovação do licenciamento anual de veículos registrados em Minas Gerais, para 2012 foi antecipada em dois meses. Proprietários de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem renovar em maio; 3 e 4, em junho; placas com o final 5, 6, e 7 em julho; e placas com o final 8, 9 e 0 em Agosto.

Até o último dia dos meses estabelecidos para fins de fiscalização continua em vigor o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) ou Certificado de Licenciamento Anual (CLA) de 2011.

A taxa de licenciamento anual é de R$ 66,38 e a infração é considerada gravíssima. Motorista flagrado com o carro sem licenciamento é multado em R$ 191,54, perde sete pontos na carteira e tem o veículo apreendido. Para quem não recebeu a documentação, deve procurar no sistema na Ciretran e na Secretaria da Fazenda.

Comentários

12 respostas para “Renovação do licenciamento de veículos é antecipada em dois meses”

  1. se o proprietario do veiculo comprou e pagou,não tem nada que fica pangando imposto.não serve pra nada mesmo estes impostos.é uma democracia muito furada.

  2. Cambada de filhos de uma mãe, anteciparam em dois meses, só em minas mesmo, o viadinho do governador Anastasia só veio para quebrar os mineiros.

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….tem que rir mesmo…esse MG kkkkk…paguei todos os documentos em janeiro…e ate hoje não chegou na minha casa…agora antecipam o pagamento…isso e uma vergonha..

  4. Ainda se vive uma ditadura por parte do estado de Minas, pois aqui tem um emaranhado de leis, que muitos outros estados brasileiros não tem! Um exemplo disso é a questão do licenciamento, que ao meu ver é caríssimo, pois uma papel desse tamanho custa R$ 66,38, outro exemplo é o prazo que se tem para pagar os impostos dos veículos, que se resumem em três meses apenas. Aqui em Minas Gerais,professores não tem valor jamais! São quase 06 meses de greve para se conquistar uma aumento de salário irrisório, que ainda é pouco em relação ao salário dos políticos que pouco trabalham e ainda por cima, criam leis para benefícios somente a máquina pública, que é a grande responsável pelo aumento da dívida que minas tem com a União.

  5. Vamos pagar!
    O Governo está precisando de “grana” para fazer frente aos investimentos que elegerão seus correligionários esse ano.
    A Estrada Uberlândia/Campo Florido, por exemplo, deve receber pelo menos mais cinco quilometros de asfalto até lá.

  6. Que M.&%@, não se pode nem mais tentar administrar as dívidas, esses FDP adiantam e só falam agora, que falassem em dezembro, pow.
    Deixa eu falar isso pra algum cliente meu: -”Ou, vou adiantar essas parcelas que vc tem comigo em 2 meses, e voce tem que pagar em 20 dias”. O cara me xingaria e ainda me levaria na justiça.
    Só porque é governo esses caras podem fazer o que querem? (não é preciso responder rs)

  7. É preciso abrir a caixa preta que é Minas Gerais. O tal choque de Gestão, hoje virou renegociação da dívida pública com o governo federal, inclusive com marketing culpando o governo federal pelo endividamento de Minas. Isso não foi choque de gestão, foi uma baita manipulação, com direito a privatização, terceirização e precarização do Estado. Mineirada continua boba e anestesiada.

Deixe uma resposta


3 + nove =

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.