Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Cidade e Região

Valor de imóveis na zona leste praticamente triplicou em dois anos

Empresário Abidiel Rabelo investiu na construção de dois barracos no Alto Umuarama

O preço de casas e terrenos em bairros da zona leste de Uberlândia, como Custódio Pereira e Alto Umuarama, praticamente triplicou em dois anos. O metro quadrado de um lote destinado a um projeto habitacional na região, por exemplo, está avaliado em R$ 80, valor 260% maior que o estipulado em 2010, que era de R$ 22. As construções do terceiro shopping da cidade e a de um novo hotel estão entre as explicações para a valorização do entorno.

O Praça Shopping Uberlândia, situado em um terreno de 140 mil m² na avenida Rui Castro, próximo à trincheira do Parque do Sabiá, foi anunciado no fim de 2011 e teve as obras iniciadas em março deste ano. Além de espaço para 206 lojas, serão construídos na área um hotel e uma universidade (leia mais nesta página).

Para Cícero Heraldo Novaes, proprietário de uma imobiliária com terrenos no local, o anúncio dos novos empreendimentos ajudou a aumentar o valor de imóveis na zona leste. Segundo ele, em alguns casos, o preço de casas e lotes pode estar até 300% mais alto do que o praticado em 2010. “Embora a tendência seja pela estabilização de preços imobiliários em Uberlândia, quando o shopping ficar pronto, o valor de imóveis em um raio de 300 metros pode aumentar ainda mais”, afirmou.

A valorização da zona leste tem atraído investidores para a área. A avenida Sacadura Cabral, no bairro Alto Umuarama, já conta com dois barracões comerciais, além de outros dois que estão em fase de finalização. O empresário Abidiel Rabelo é um dos responsáveis pelas construções. Segundo ele, que tem quatro terrenos no bairro, o valor do metro quadrado de um de seus lotes passou de R$ 200 para R$ 650 após o anúncio da construção do novo shopping, uma alta de 225%.

Preço do terreno salta de R$ 13 mil para R$ 120 mil

Há seis anos, o motorista João Alves investiu R$ 13 mil na compra de um lote de cerca de 250 m² na rua José Humberto Alcântara, no bairro Alto Umuarama, na zona leste de Uberlândia. Segundo ele, o terreno ao lado de sua casa, com a mesma metragem, está atualmente avaliado em R$ 120 mil, 820% a mais.

Em dezembro de 2010, o empresário Márcio Fernandes comprou um terreno de 700 m² situado na avenida Sacadura Cabral por R$ 146 mil. Segundo afirmou, a área foi valorizada em 187%, já que um terreno do mesmo tamanho na rua está avaliado hoje em R$ 420 mil.

“Em 2010, comprei um terreno de 300 m² por R$ 48 mil. Atualmente, esse lote está avaliado em R$ 95 mil”, disse Ivan Filho, proprietário de uma imobiliária de Uberlândia. Para ele, a valorização de imóveis e lotes no bairro Alto Umuarama está mais ligada ao aquecimento do mercado imobiliário na cidade do que ao anúncio da construção de um shopping nas proximidades. “O shopping vai ter um peso maior na valorização da área após a sua inauguração”, afirmou.

Construção de novo shopping está em fase final

de será construído o Praça Shopping Uberlândia, na avenida Rui Castro, próximo à trincheira do Parque do Sabiá, está sendo terraplanado. As obras do novo empreendimento começaram em março e têm previsão para serem concluídas no segundo semestre de 2013. O espaço contará com 206 lojas, estacionamento com 1,8 mil vagas, um hipermercado, praça de alimentação com 21 pontos, dois restaurantes, além de um hotel, uma universidade e uma loja de materiais de
construção.

Comentários

6 respostas para “Valor de imóveis na zona leste praticamente triplicou em dois anos”

  1. Isso vai em desencontro com a política de “moeda fort”e! Nada pode valorizar dessa forma em uma economia estável. Se alguem está ganhando muito, outros perdem demasiadamente… A tendência natural é os preços baixarem, pouco a pouco até chegar à um patamar aceitável pelo mercado.

  2. Já falei aqui!!!

    Isso se deve a ganância do genro do homem.

    Se alguém, de pulso, não intervir na prefeitura, não sabemos onde essa especulação vair parar.

    Salve quem puder.

    “Viva” a especulação imobiliária de Uberlândia!!!

    A maior do Brasil.

  3. nossa mas esse correio tá ruim heim…primeiro na foto fala que o cara investiu em construção de BARRACOS e depois poem o preço de terreno a 80,00…se tiver terreno desse preço lá compro de monte, pois um de 300 metros sai por 24mil…isso não dá nem pra entrada!

Deixe uma resposta


− 4 = um

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.