Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Colunas

As melhores cidades para morar

Eu já morei em muitos lugares, entre eles Uberlândia, Uberaba, São Paulo, Rio Grande/RS, Porto Velho/RO e Aracaju/SE. Além disso, já visitei muitas e muitas cidades não só no Brasil, mas em vários paí-ses no mundo, o que me levou a uma certeza: as melhores cidades para se viver são as de porte médio, entre 300 mil e 700 mil habitantes.

Por quê? Por conjugarem bons recursos urbanos – hospitais, escolas, comércio etc. – e boa qualidade de vida. Grandes capitais, como São Paulo, têm suas vantagens, mas depois de quatro anos morando lá aprendi que a alta criminalidade, o custo elevado e, principalmente, o trânsito insuportável não compensam o que a cidade tem de bom, como a quantidade imensa de atrações culturais e um comércio no qual se encon-tra de tudo.

Quando eu morava em São Paulo, praticamente não ia a teatros, shows e bons restaurantes, pois o cansaço que tomava conta de mim e a preguiça de enfrentar aquele trânsito infernal me prendiam em casa, algo que acontece com a maior parte da população de lá. Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e outras capitais vão na mesma direção. Já as cidades muito pequenas, como as centenas que há no interior de Minas Gerais, garantem a você uma tranquilidade incomparável. Mas, a ausência de recursos mínimos faz com que você tenha que pegar a estrada constantemente apenas para ir ao cinema, consultar um médico ou fazer as compras do mês.

Por isso, fico com as cidades de porte médio. Quem vive em Uberlândia, Ribeirão Preto ou Londrina tem praticamente tudo à sua disposição, desde shoppings, aeroportos, universidades e bons hospitais, ao mesmo tempo em que consegue ter uma boa qualidade de vida, já que o trânsito ainda é pequeno se comparado às capitais, as distâncias são curtas e a violência não é tão grande. Quando se quer algo mais específico, como um show de uma atração inter-nacional, uma peça de teatro que está em evidência ou um restaurante mais refinado, aí então se desloca para os grandes centros, mas só nessas ocasiões. E, no rol das inúmeras cidades no Brasil que considero ideais para se viver, a que mais me chama a atenção é Ribeirão Preto.

Estive lá duas vezes este ano e percebi que, embora Uberlândia esteja evoluindo rapidamente, Ribeirão consegue ser ainda mais encantadora, consegue ter ainda mais cara de capital sem deixar de ser uma cidade do interior. Talvez isso seja devido à população, pois embora Ribeirão seja do mesmo tamanho que Uberlândia, sua vizinhança próxima é bem maior, o que leva a cidade a ser um gigantesco polo regional. Mas, não vou reclamar, pois nossa cidade está no mesmo caminho da irmã paulista e também é um primor de lugar para se viver. Sorte nossa!

Alexandre Henry – Escritor
www.dedodeprosa.com

Comentários

28 respostas para “As melhores cidades para morar”

  1. Inayá, na verdade deixei de citar pelo menos umas dez boas cidades, porque me faltaria espaço. Mas, com certeza, São José do Rio Preto está entre elas. Tenho muitos amigos de São José, que hoje é reconhecida como um dos polos nacionais de medicina.

  2. Recentemente conheci Aracaju. Adorei a capital do Sergipe. Visitei a praça Fausto Cardoso, o museu Olímpio Campos (antigo palácio do governo), passei pelos calçadões do centro da cidade, a ponte Joâo Alves sobre o rio Sergipe, o portal do imperador em frente à praça Fausto Cardoso, nesta praça também vi a Assembléia Legislativa e ao fundo do museu Olímpio Campos vi a catedral. Gostei também do teleférico no zoológico onde tem uma estátua grande de N.S. da Conceição e uma bela vista da capital e de Barra dos Coqueiros. Interessante o mercado de artesanato e o mercado Albano Franco. Me hospedei próximo ao farol da Coroa do Meio perto da av. Santos Dumont na orla de Atalaia. Muito bacana o povo de Aracaju. Ótima cidade pra passear e o Sergipe me deixou uma boa impressão.

  3. Vazante fica no noroeste de Minas com aproximadamente 20 mil habitantes tem a tradicional festa da lapa no mês de maio com mais 130 anos de tradição da festa, e festa do carros de bois no mês de julho também tem a 4º maior gruta de minas Gruta da lapa nova, faço um convite para vc conhecer.

  4. Vazante fica no noroeste de Minas com aproximadamente 20 mil habitantes tem a tradicional festa da lapa no mês de maio com mais 130 anos de tradição da festa, e festa do carros de bois no mês de julho também tem a 4º maior gruta de minas Gruta da lapa nova, faço um convite para vc conhecer.

  5. Na europa, não é a cidade grande que a melhor, e também por la no velho continente,não se fala em cidade media. As cidades com 3 ou 4 mil habitantes são as mais charmosas por lá…Aqui no brasil cidade boa tem que ser grande, é um problema cultural nosso…

  6. Pedro, a questão é que na Europa as cidades são muito próximas e você não tem a sensação de estar isolado do mundo. São tantas e tão próximas comunidades que acabam formando uma população muito grande, suficiente para que entre elas exista um excelente hospital, escolas de bom nível, comércio (restaurantes, shoppings, hipermercados etc.) destacado, lazer, enfim, você não precisa se deslocar 100, 200, 500 quilômetros para obter grandes recursos. Esse sistema europeu, para mim, realmente é ideal. Mas, só funciona onde há uma grande população e uma área territorial pequena.

  7. Realmente as cidades na faixa de 300 mil a 700 mil, são as melhores a se morar. E Uberlândia encontra nesta faixa com tendência de superar no curto espaço de tempo. A questão é o que fazer para manter a qualidade de vida? O primeiro ponto é valorizar o crescimento das cidades no entorno, Uberaba, Ituiutaba, Monte Carmelo e outras. O segundo é efetivar Uberlândia como o pólo de serviços, com profissionais mais bem remunerados e valor agregado. Assim, teremos qualidade de vida por mais gerações. Não podemos descuidar da construção da nossa cidade.

  8. Essa cidade ainda tem tudo para ser ainda mais encantadora: espalhar o verde que há em Curitiba; a cultura de Belo Horizonte e a alegria dos nordestinos. Juntando isso dá um caldo invejável a qualquer cidade européia, com a grande vantagem: nosso clima é suportável…

  9. Nossa, que Beleza, estou Procurando um Lugar assim para me mudar ,depois de tantos anos de Stress em são Paulo, finalmente me aposentei. Obrigado pela Dica.Foi muito importante para mim .

  10. São Paulo é uma cidade maravilhosa, mas apenas para passear. A não ser, claro, que sua vida profissional deva estar obrigatoriamente lá. Caso contrário, melhor partir para o interior e deixar SP para os finais de semana e feriados.

  11. oi,queria que vc me ajudasse em uma duvida cruel…estou querendo mudar da minha cidade que chama sete lagoas,ela tem 250mil habitantes mais não tem muitas opções de cursos de faculdade para meus filhos.A minha duvida está em uberlandia e juiz de fora….todo mundo me diz que uberlandia é otima e estou muito inclinada pra la porem fico apreensiva qto a violencia pq dizem que o indice la é alto….e ai?o que vc me sugere?

  12. Concordo completamente com você! Há 1 ano troquei a capital do RJ pela cidade de novo hamburgo/rs que tem quase 400mil habitantes….Não me arrependo nem um pouco! Consigo ir ao cinema a pé sem stress, sair pra jantar e chegar em 10 minutinhos e ainda tem vários sítios e passeios (como a rota do vinho). Apesar de tudo sinto a maior saudade do RJ, a cidade lá tinha uma vida que eu acho que nenhuma cidade de médio porte consegue bater. Acho que uma boa saída pra fugir da confusão do RJ é procurar os bairros mais tradicionais, como vila da penha….E se vc parar pra ver os preços do imóveis (no site da imovelvip dá pra ter uma noção: http://imovelvip.com.br/) em certos bairros eles estão em queda, como na própria vila da penha. Então sei lá, tem que colocar as coisas boas na balança tb.

    Abraçosss!

  13. Apesar da pouco estrutura, gostaria de morar em alguma dessas centenas de cidades pequenas do interior de Minas Gerais. Gostaria que me indicasse alguma onde haja maior oferta de emprego. Grata.

  14. Ribeirão preto é foda mesmo, é incrível como ela exerce influencia em grande parte do estado de sp e sul de minas, sem contar o mercado de luxo que é enorme na cidade…
    A verdadeira capital do interior.

  15. eu estou ansioso pois ainda esse mes eu vou me mudar para uberlandia.
    eu moro em são josé dos campos mas ja estou farto de tudo longe de tanto transito.
    e como vc mesmo disseo cansaço a preguiça consomem agente.
    vou pra lá ciente que ganharei um pouco menos e que será um recomeço mas prefiro isso a ficar vegetando em uma cidade grande que esta me deichando parecendo um velho enquanto eu tenho 23 anos vou mudar meu rumo.
    obrigado excelente reportagem.

  16. Também estou a procura de um lugarzinho fora do Rio de Janeiro. Um lugar onde o trânsito não congestione com frequência e que não andemos exprimidos pela pressa dos motoristas delinquentes e também não seja incomodado por pessoas mal intencionadas nas ruas. Um lugar cujo custo de vida seja bem menor que o do Rio, para que meus proventos possam render e passar o mês sem aperto.

Deixe uma resposta


nove − = 8

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.