menu
publicidade
publicidade

Opinião do Leitor

Triste ocorrência

Sou uberlandense da velha guarda, estou aposentado há vários anos e moro com a família da minha filha em São Paulo. Leio notícias de Uberlândia pela internet e estou realmente muito insatisfeito com a notícia de que hoje vai ser o dia da última edição do CORREIO de Uberlândia. Quando morei aí, li muitas reportagens de jornalistas consagrados muito respeitados no meu tempo. Destaco entre os maiores o Marçal Costa e o Sérgio Martinelli. Estes destacavam como nenhum outro a importância de Uberlândia e das pessoas que trabalhavam para o progresso da cidade. Depois vieram outros, como o Antônio Pereira, a colunista Anita Godoi e, no Esporte, o Camargo Neto. Quando o jornal passou a ser impresso em cores fiquei muito contente. Hoje fico triste com o fim do jornal. Espero que logo apareça outro jornal para quem mora fora e sente saudade da terra poder acompanhar a vida da nossa linda Cidade Jardim.

José Gustavo Rezende
Aposentado
São Paulo

Grande Correio

O CORREIO de Uberlândia chega ao final de seu ciclo. Uma história honrada e construída a partir de valorosos profissionais que por quase oito décadas habitaram sua, agora, lendária redação. Destaque principalmente para o atual corpo de jornalistas e demais profissionais que, mesmo sabendo do fim de seus respectivos empregos, garantiram a qualidade editorial do CORREIO até o último suspiro. Isso é que é profissionalismo levado ao extremo. Não poderia ser diferente em se tratando do nosso querido CORREIO. Parabéns e sucesso a todos neste 2017 que está amanhecendo.

Adalberto Penachos
Aposentado
Uberlândia (MG)

Comentários

Deixe uma resposta

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.