Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Entretenimento

Cássio, Marcelo e Tatiele roubam a cena na festa “Brasileira” do BBB

Sem querer querendo, Cássio, Marcelo e Tatiele roubaram a cena na última festa realizada na casa do Big Brother Brasil, na noite desta quarta-feira (12). Começando por Cássio: o brother foi o alvo de muitas confusões e críticas durante a diversão. Primeiro, em conversa com Diego, ele falou que a produção do programa estava tirando a oportunidade de eles verem suas famílias nos paredões, pois as mesmas poderiam passar informações sobre popularidade com as feições no rosto. Resultado: teve o microfone cortado pela produção.

Depois, Ângela conversava com Tatiele sobre votos e a Miss Cianorte criticou Cássio por votar várias vezes em Marcelo.”Me surpreendi com o Cássio. Minha vontade era de chegar e perguntar ‘como você chega no Marcelo e diz uma coisa e pra Angela outra? Ele é muito idiota, mas também é esperto ao mesmo tempo”, afirmou a sister.

Cássio ainda foi o pivô da briga entre Clara e Vanessa, esta última que acreditou, durante uma brincadeira, que Cássio estava caçoando dela. Depois, o próprio brother fez as sisters voltarem ao normal, com suas brincadeirinhas sadias de sempre. É, a batata assou para Cássio.

"Amigos" dançando funk (Foto: Reprodução /TV Globo)

Amigos dançando funk (Foto: Reprodução /TV Globo)

Marcelo e Tatiele

Marcelo (ex de Letícia e ex, atual ou futuro de Ângela) se esbaldou na pista de dança com a “amiga” Tatiele, que era “namorada” de Roni, o “melhor amigo” de Marcelo dentro da casa. Os dois dançaram, de forma muito sensual ao som de funk. E Marcelo, o coitadinho da edição, vai começando a mostrar as asinhas.

Comentários

Deixe uma resposta


5 − = dois

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.