Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Entretenimento

Com retorno de Alexandre Pires aos vocais, SPC faz turnê de 25 anos de carreira

Eles reataram a relação. Passados 12 anos da separação, e depois de um namoro de reaproximação que começou em abril do ano passado, os oito integrantes da primeira formação do grupo de pagode Só Pra Contrariar (SPC) – Alexandre Pires, Popó, Fernando Pires, Hamilton, Juliano, Luisinho, Luiz Fernando e Serginho – decidiram voltar ao estúdio e aos palcos, em comemoração aos 25 anos de carreira. O primeiro show vai acontecer em Recife (PE) no dia 20 de abril. Uberlândia, cidade onde o SPC nasceu, em 1989, deve receber, em agosto, o show da turnê festiva.

Só Pra Contrariar durante entrevista exclusiva ao CORREIO na última quinta-feira em Uberlândia

O último trabalho dos integrantes originais foi o CD “Só pra Contrariar – Acústico”, de 2001. O vocalista Alexandre Pires, que partiu para a carreira solo, no mesmo ano, na qual lançou 13 álbuns, disse que os integrantes começaram a ventilar a ideia do retorno em abril do ano passado, em São Paulo (SP), quando os músicos se juntaram para a gravação do DVD “Eletrosamba”, o mais recente da carreira solo do vocalista.
“Desde o ano passado, ficamos com a sensação de que a gente nunca se separou. Mesmo com essa parada de 12 anos, ainda estão vivos o som e o entrosamento da banda”, disse Pires.

Sobre a turnê comemorativa, que vai percorrer as principais cidades brasileiras, todos os integrantes são unânimes em afirmar “não teremos mais sábados e domingos livres em 2013”. Isso porque a agenda de shows do SPC está preenchida para este ano. A turnê deve durar, pelo menos, até 2015. “Se for por conta da nossa animação e da vontade dos fãs, o SPC vai continuar além de 2015”, disseram os músicos.

Além do retorno aos palcos, o SPC vai gravar uma música inédita, em abril, e um DVD ao vivo ainda neste ano.

Vertente romântica do pagode

O Só Pra Contrariar (SPC) surgiu nas noites uberlandenses em 1989. Estourou nas rádios brasileiras, com mais de 35 músicas nos primeiros lugares, e se tornou popular quando optou pela vertente romântica do pagode.

Em 2001, a banda lançou o CD “Só pra Contrariar – Acústico”, que seria o último trabalho com a formação original do grupo, com a liderança do vocalista Alexandre Pires, função que foi passada ao irmão, o então baterista Fernando Pires. Enquanto o SPC seguiu com novos integrantes, o vocalista se lançou, até o ano passado, nas apresentações solo, agora mantidas em um trabalho paralelo.

Segundo o líder que reassumiu o posto, a partir deste ano, as canções “Que Se Chama Amor”, “A Barata”, “Essa tal liberdade”, “Depois do prazer”, “Sai da minha aba”, “Mineirinho” e “Final feliz” devem integrar a turnê que o SPC inicia no dia 20 de abril, em Recife (PE), para comemorar os 25 anos da banda.

Volta aos estúdios é nesta semana

Na noite do dia 16 de março, a banda Só Pra Contrariar (SPC) assumiu, publicamente – e em rede nacional –, que está de volta. Foi durante uma apresentação no programa “BBB 13”, da TV Globo, que os oito músicos da formação original do grupo de pagode mais famoso de Uberlândia anunciaram a turnê comemorativa dos 25 anos da banda.

Os ensaios para a turnê começam nesta semana, segundo o vocalista Alexandre Pires. “Do início da banda até 2001, tivemos 35 canções que alcançaram o primeiro lugar em várias rádios brasileiras. Por isso, será difícil fazer um setlist para a turnê. O show terá, no mínimo, duas horas de duração”, afirmou Pires.

Segundo o vocalista, que empreendeu carreira solo desde a separação do grupo, em 2001, a presença de um líder cumpre papel primordial no retorno da banda. “O SPC é minha cara e sou a cara do SPC. De 2013 a 2015, vamos recordar os velhos tempos e atender às expectativas dos fãs”, disse o músico.

E não são apenas os fãs do grupo que parecem felizes com esse retorno. No estúdio do SPC, localizado no bairro Vigilato Pereira, na zona sul de Uberlândia, os integrantes originais da banda não escondem a felicidade. Numa das várias brincadeiras feitas entre eles, durante a gravação do vídeo para os leitores do CORREIO de Uberlândia, citam a saudade que sentiam do contato mais próximo com os fãs, que será retomado na turnê que começa em abril e deve durar até o fim de 2015.

“A maturidade, pessoal e musical, ajudou muito a todos nós. Podem perceber que a mudança dos integrantes foi perceptível, não só no visual, como também na qualidade musical”, afirmou o vocalista, numa referência bem-humorada à aparência dos músicos no início da carreira.

Assista ao vídeo com o SPC:

[media id=1508 width=320 height=240]

 

SPC

Integrantes do SPC
Alexandre Pires – vocalista (1)
Alexandre Popó – surdo (2)
Fernando Pires – bateria (3)
Hamilton – saxofone (4)
Juliano Pires – percussão (5)
Luis Vital – baixo (6)
Luiz Fernando – pandeiro (7)
Serginho – tecladista (8)

Discografia

Álbuns de estúdio

“Que se chama amor” (1993)
“Meu jeito de ser” (1994)
“O Samba não tem fronteiras” (1995)
“Depois do prazer” (1997)
“Interfone” (1999)
“Santo Santo” (2000)
“Bom Astral” (2000)
“Produto Nacional I” (2003)
“Produto Nacional II” (2004)
“Seguindo em Frente” (2007)

Álbuns ao vivo

“Só pra Contrariar Futebol Clube” (1996)
“Só pra Contrariar – Acústico” (2001)
“Só pra Contrariar: Simbora Meu Povo” (2010)

Coletânea

“Maxximum: Só pra Contrariar” (2005)

Comentários

6 respostas para “Com retorno de Alexandre Pires aos vocais, SPC faz turnê de 25 anos de carreira”

  1. Incrivel!!eles teriam que estreiar era aki na cidade deles porque tudo começou aki nao em pernambuco!QUE CONSIDERAÇAO COM O POVO DE UBERLANDIA HEIN SPC!!!!!!!!

  2. Exelente!!! era tudo que eu queria, o retorno desta união.
    Aguardo o SHOW em Sorocaba – SP.
    Parabéns para todos os integrantes do SPC e para todos da equipe.
    Todos talentosos.

Deixe uma resposta


4 + = doze

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.