Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Entretenimento

Mercado “Plus Size” dá opção de roupas para mulheres acima do peso

Vestidos na altura do joelho realçam a beleza das mulheres gordinhas

Renovar o guarda roupa é sinônimo de entusiasmo para maioria das mulheres. Porém, para aquelas que estão acima do peso isso pode significar sofrimento. Mas, os quilinhos a mais na balança não são motivos para andar fora da moda.

O mercado de roupas “Plus Size” – moda para gordinhas com manequim a partir do número 44- está crescendo no Brasil, o que facilita o público-alvo a encontrar peças variadas.

Segundo a consultora de moda Natália Neves, hoje é possível criar looks do elegante ou despojado, unindo cores e estampas, que podem fazer a mulher cheinha parecer mais magra e jovem.

Para Natália Neves, as roupas largas escondem a silhueta e deixam o corpo quadrado e sem forma. O equilíbrio de peças para uma mulher ficar bem vestida sem exagerar em peças largas ou muito apertadas, de acordo com a consultora, seria usar blusas com o comprimento na altura no quadril e saias, vestidos e bermudas na altura dos joelhos.

Em um dia de passeio, as mulheres podem investir em bermudas florais

Outra dica é escolher blusas com mangas, que escondem a parte grossa do braço e deixa à mostra a parte fina. “Elas podem usar sem medo as mangas compridas, três quatros e manga larga estilo boca de sino”, disse.

Nos dias mais quentes, comuns no Brasil, as mulheres gordinhas podem optar por regatas com alças mais grossas ou manga curta mais larga, porém, de acordo com a consultora, blusas de modelo frente-única devem ser evitadas. “As mulheres gordinhas possuem as pernas muito bonitas, elas podem evidenciá-las usando saias que ressaltam essa parte”, afirmou.

Para a balada, as mulheres podem investir em calças justas com blusas em paêtes

Moda Plus SizeO termo “Plus Size” ou moda para gordinhas – que vestem mulheres a partir do tamanho 44- já se popularizou nos Estados Unidos e na Europa, segundo a consultora de moda Natália Neves. No Brasil, esse mercado começou a se desenvolver e já é possível encontrar várias opções de vestuário.

Esse tipo de mercado tem crescido tanto que neste ano já aconteceram duas edições do Fashion Weekend Plus Size, evento focado para mostrar peças de tamanho maiores.

Dicas

Para disfarçar a gordura nos braços, usar blusas com mangas, tipo morcego e boca-de-sino;

Camisas são uma boa opção para cobrir os braços e dar charme ao look

Acessórios como pulseiras, colares, brincos, maxi anéis na mesma mão e bolsas de mão, dão um toque especial ao look;

Invista em colares, pois eles chamam a atenção para o colo e desvia assim o foco da indesejada barriga;

Escolha jeans com tons mais escuros e corte reto. Deixe a barro tocar no peito do pé. Esse detalhe fará a mulher gordinha parecer mais magra;

Saltos: quanto mais gordinha a mulher for, mais grossos devem ser o salto;

Aposte em blusas transpassadas, pois elas marcam a cintura mais embaixo dos seios e deixam a parte próxima ao quadril mais larga, o que esconde as gorduras e ajuda a reduzir a silhueta;

Para ir a um jantar, um vestido floral em tecidos leves dão um toque suave e clean

Use blusas com destaque nos ombros, tipo decote canoa, que aumentam o tamanho os ombros e reduz o tamanho da cintura;

Use casacos com modelagem reta e comprimento na altura dos joelhos;

Aposte em listras verticais, que podem ser estreitas ou grossas. As listras alongam a silhueta;

Use saias e vestidos nos modelos evasê, que disfarçam os quadris sem marcá-los;

Ficha técnica

Roupas: Chiquita Bacana Moda Feminina
Sapatos: Acervo pessoal
Produção: Natália Neves
Modelo: Liliane Alves Silva
Fotógrafo: Cleiton Borges

Veja a galeria de fotos do ensaio fotográfico.

Comentários

Deixe uma resposta


− 8 = um

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.