Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Esportes

Com três de Herrera, Botafogo estreia com vitória no Brasileiro

Herrera comemora um de seus três gols na partida

Em tarde de Herrera no Stadium Rio, o Botafogo estreou no Brasileiro com emocionante vitória por 4 a 2 sobre o São Paulo, neste domingo (20). O argentino marcou três na virada do Fogão, enquanto Vitor Junior completou a contagem.

Na segunda rodada, o Botafogo encara o Coritiba, às 16h do próximo domingo, no Couto Pereira.

O Botafogo começou pressionando a saída de bola do São Paulo, que errava muitos passes no campo defensivo. Em dois lances ainda no primeiro minutos, o Alvinegro desarmou o adversário e levou perigo com Maicosuel e Vitor Junior.

Sem abdicar do ataque, o São Paulo contava com os talentos de Luís Fabiano e Lucas para criar jogadas. Mas era o estreante Vitor Junior que se destacava nos momentos iniciais. Aos oito, o meia recebeu de Maicosuel ainda na linha central e partiu em velocidade, levando vantagem sobre a defesa paulista. A arrancada culminou na invasão da área adversária, mas a conclusão saiu pela esquerda da meta de Denis.

Mas os visitantes mostrariam sua qualidade em um de seus poucos lances agudos até os 12 minutos, momento em que Jadson abriu o placar no Stadium Rio. Com o gol, o São Paulo cresceu no jogo e dificultou as coisas para o Botafogo, que buscava o empate.

Apesar do bom futebol do adversário, o Alvinegro conseguia criar chances. Aos 39, Lucas cruzou da direita e Loco cabeceou por cima do gol. Dois minutos depois, Vitor Junior criou outro lance agudo. Dessa vez, porém, o meia não tentou a arrancada e arriscou de fora, levando perigo com chute rasteiro para fora.

Sem conseguir o empate na primeira etapa, o Botafogo voltou com tudo para o segundo tempo. E com Herrera no lugar de Loco Abreu, mudança que daria resultado rapidamente. Aos três minutos, Vitor Junior acionou Lucas pela direita e o lateral cruzou na medida para Herrera cabecear no ângulo, sem chance para Denis.

Pouco mais tarde, aos oito, o argentino novamente deu trabalho para o goleiro do São Paulo. Herrera soltou uma bomba de fora, que Denis se enrolou para espalmar. Na sobra, Márcio Azevedo tentou o arremate de dentro da área, mas o arqueiro se recuperou e salvou os visitantes da virada. Empolgado com o empate, o Alvinegro passou a pressionar o adversário. Aos 15, Fellype Gabriel soltou uma bomba da entrada da área.

Apesar de superior no momento, o Alvinegro sofreria outro golpe aos 16, quando Luís Fabiano desempatou de cabeça. Mas o Glorioso não se dava por vencido. Seis minutos depois do gol adversário, Paulo Miranda derrubou Herrera dentro da área. Pênalti que o argentino bateu com categoria, deslocando Denis.

O novo empate renovou o gás alvinegro. Mais seguro, o time voltou a apertar o time paulista. Segurança que deu a chance que Vitor Junior precisava para coroar sua boa estreia entre os titulares. Aos 27, o meia cobrou falta e contou com o desvio em Cícero para virar o placar no Stadium Rio.

Com a vantagem no marcador, o Alvinegro tomou conta de vez do jogo. Aos 32, o Botafogo marcou novamente com Herrera. O argentino recebeu de Fellype Gabriel dentro da área e arrematou para marcar seu terceiro gol na partida e dar números finais ao placar do Stadium Rio.

Confira os resultados dos jogos deste domingo (20):

Campeonato Brasileiro – 1ª rodada

Botafogo 4 x 2 São Paulo
Corinthians 0 x 1 Fluminense
Internacional 2 x 0 Coritiba
Ponte Preta 0 x 1 Atlético-MG
Vasco 2 x 1 Grêmio
Cruzeiro 0 x 0 Atlético-GO
Bahia 0 x 0 Santos

Comentários

Deixe uma resposta


+ quatro = 13

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.