Assine o CORREIO
menu
publicidade
publicidade

Esportes

Troféu Maria Lenk: Flamengo é campeão depois de uma década

O Troféu Maria Lenk foi conquistado depois de uma briga ponto a ponto com Pinheiros

O Flamengo sagrou-se campeão brasileiro absoluto de natação de 2012 na noite deste sábado, 28/04, depois de uma década, com 2152,5 pontos. O Troféu Maria Lenk foi conquistado depois de uma briga ponto a ponto com Pinheiros (2070) e Corinthians (1939,5), respectivamente, segundo e terceiro lugares. O Minas Tênis ficou com a quarta posição (1812). Na divisão por sexo, o Corinthians foi o melhor no feminino com 1307,5, seguido por Pinheiros (1066) e Flamengo (951). No masculino, o pódio foi formado por Flamengo, 1201,5; Minas Tênis, 1081; e Pinheiros, 1004.

A última vez que o time rubro-negro subiu no lugar mais alto do pódio foi em 2002, quando a competição foi realizada em Brasília. Há anos a competição não era tão disputada. Em 2012, os quatro primeiros colocados disputaram o título a cada braçada.

“Fui campeã como atleta, depois como vice-presidente de esporte olímpico em 2002 e dez anos depois como presidente. Eu vim da natação, do esporte olímpico, tenho orgulho disso e não nego as minhas origens. O projeto era voltar a ser campeão em cinco anos, veio em dois anos e meio. Surpreendente, mas a equipe se portou em e quis vencer. Nós só demos a estrutura”, disse a presidente do clube, Patrícia Amorim.

Comentários

Uma resposta para “Troféu Maria Lenk: Flamengo é campeão depois de uma década”

  1. e a equipe rubro negra contou com o atleta uberlandense pedro antonio costa domingos ex-praia clube, que esta no segundo ano de flamengo E SOMOU PONTOS IMPORTANTES PARA ESTA CONQUISTA. PARABENS FLAMENGO, PARABENS PEDRO DOMINGOS.

Deixe uma resposta


− um = 5

Ao enviar suas informações de registro, você indica que concorda com os Termos do serviço e leu e entendeu a Política de Privacidade do site do Correio de Uberlândia. Só serão liberados comentários cujos autores estejam identificados por nome e sobrenomes e que não contenham expressões chulas e/ou palavras de baixo calão.

Em função do período de campanha eleitoral e em atenção à legislação vigente, o CORREIO de Uberlândia se reserva o direito de não publicar comentários com viés político/eleitoral direta ou indiretamente direcionados aos partidos, agentes políticos, candidatos ou não, tanto na versão impressa quanto na internet.